Meu Horóscopo do Dia
Segunda-feira 23 de Setembro
Santo Pio de Pietrelcina
Nossos aplicativos
  •   
Siga-nos
  •   
veja todos os seus horóscopo grátis
A Justiça
A Justiça
O signo de Libra
O signo de Libra
Cores e signos astrológicos
Cores e signos astrológicos
O número 33
O número 33
» » » » »

Arquivo do horóscopo anual de para Peixes para 2017

  Escrito por Andreia

Amor

Ao longo do ano de 2017, seu estilo de vida muda. Ele se transforma. Ele evolui. Seu futuro dá uma reviravolta. Os acontecimentos podem se precipitar. Não ceda à impulsividade. Ao contrário do que pensa, você tem tempo para refletir, então faça isso. Peça conselhos se sentir necessidade. Não ceda àqueles que lhe colocam pressão. Fique na linha e faça suas escolhas com sua alma e sua consciência.

Amor
Sua vida amorosa dá uma reviravolta mais oficial. É isso mesmo o que você quer? Faça-se esta pergunta antes de dar uma resposta da qual pode se arrepender mais tarde. Não ceda à impulsividade. Tome seu tempo mesmo que lhe coloquem pressão. Em Outubro, com as influências de Júpiter em Escorpião, seus desejos serão outros. Até a primavera, não precipite nada.

Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro): Em suas marcas, preparar... amar!
Nenhuma contracorrente deve frear seus ímpetos em 2017. Os redemoinhos cósmicos que desestabilizam um pouco os outros dois decanatos não tocam em você. Em 2017, você deve conseguir orientar sua vida amorosa na direção certa, aquela que o atrai, sem muitas dificuldades. A partir de 10 de outubro (e até 25 de novembro), conte com Júpiter para impulsionar sua libido e lhe abrir perspectivas positivas em todos os planos.

Em casal, desde o começo do ano, Vênus lhe dota de um charme devastador e de uma determinação certeira para se impor e viver plenamente os seus desejos. Entre os dias 3 e 12 de janeiro, o delicioso planeta o convida a inaugurar o ano em grande estilo. A partir do dia 3 de fevereiro, você terá interesse em desenvolver seus potenciais, alimentar sua vida amorosa e expressar sua sensualidade. Se você questionar seu poder de sedução, você receberá respostas que podem satisfazer suas exigências e acalmar suas eventuais dúvidas entre 28 de abril e 15 de maio. Em junho, você reforça seus laços através de um diálogo atento e afetuoso. Em julho (entre os dias 5 e 14), você toma o cuidado de responder com amor às necessidades da família e de melhorar suas condições de vida. O inverno pode ser quente. Entre 31 de julho e 9 de agosto, conte com Vênus para aquecer o ambiente e colocá-lo em transe. Aproveite este clima tórrido para recender a chama. Setembro permitirá que você fortaleça ainda mais seus laços com o parceiro, e o começo da primavera permite que vocês vivam momentos fortes juntos e que você exprima sua sensualidade sem muitas reservas. A partir de 10 de outubro, Júpiter confirma sua ascensão e, até 25 de novembro, deve favorecer suas ambições amorosas. A partir do Natal, você procurará concretizar seus sonhos e realizar projetos que o deixem mais leve.

Se solteiro, nada nem ninguém o impedirá de amar em 2017, quando você terá sinal verde. Nenhum influxo perturbador parece poder alterar seu entusiasmo e sua vontade de romper com uma solidão pesada. Desde janeiro, aproveite os favores de Vênus, que, entre os dias 3 e 12, se encarrega de exaltar seu charme e impulsionar seu poder de sedução. A partir do começo de fevereiro (e até a metade de maio), você terá interesse em expressar seus desejos, em cuidar de sua aparência, em sublimar suas qualidades para atrair o outro e/ou seduzir a todos. Você terá todas as chances de fazer conquistas. Entre os dias 5 e 16 de junho, você se comunica como ninguém e consegue passar suas mensagens, que devem ser recebidas claramente. Entre os dias 5 e 14 de julho, você terá interesse em se aproximar das pessoas próximas, em apaziguar os eventuais conflitos familiares. O amor espera por você neste inverno (se você ainda não o tiver encontrado). Entre 31 de julho e 7 de agosto, você não estará imune contra paixões e encontros exaltantes. Você poderá solidificar um laço recente ou seduzir quem você quiser entre os dias 10 e 28 de setembro. A partir de 10 de outubro, Júpiter o deixa leve e pode ajudá-lo a concretizar um sonho até o dia 25 de novembro. Tendência confirmada por Vênus, entre os dias 7 e 11 de novembro, que lhe dá a segurança e a vontade de superar seus limites. No final do ano, você não temerá mais olhar para frente e na mesma direção que a pessoa amada!

Segundo decanato (1º de março - 10 de março): Céu azul no horizonte!
2016 cortou um pouco suas asas? Você teve a desagradável e constante impressão de ter que escolher entre sonho e realidade? Em 2017, seu futuro ainda pode parecer um pouco bloqueado por conta de litígios que se eternizam ou de problemas persistentes que plainam em sua união, mas você se beneficiará de ótimos recursos para abrir o caminho, afirmar e realizar suas ambições amorosas antes do final do ano.

Em casal, Saturno pesou sobre seus ombros em 2016, o colando ao chão e impedindo que você sonhasse. Em 2017, as tensões e os litígios (problemas de dependência financeira, entre outros) continuam obscurecendo seus horizontes no final de março e no começo de agosto, mas você poderá contar com o apoio de Júpiter para limpar seu céu e iluminar suas perspectivas amorosas até o final de ano, que se anuncia encantado. Entre os dias 12 e 23 de janeiro, Vênus lhe dota de um charme devastador, mas o pressionará um pouco a partir do dia 19 de fevereiro, quando você questiona seu poder de sedução. Se você tiver que administrar interesses em comum, tome o cuidado de esclarecer todos os assuntos delicados para reduzir as diferenças de visão. Você desejará impressionar o outro, mas evite qualquer tipo de manipulação, pois isso pode virar contra você. A partir de junho, você saberá o que você quer de verdade e iniciará um diálogo organizado, que deve lhe render frutos e tranquilidade. Neste inverno (entre os dias 14 e 22 de julho), você se dedicará a melhorar suas condições de vida e cuidará do bem-estar das pessoas próximas. Destaque para o amor e para o prazer compartilhado entre os dias 9 e 17 de agosto, quando Vênus aquecerá os corações, os corpos e o ambiente. Cumplicidade reforçada entre 28 de setembro e 6 de outubro, quando você terá vontade de tudo, menos de ficar sozinho. Em novembro (entre os dias 15 e 23), você se sentirá bem consigo mesmo e procurará chegar ao topo com a outra pessoa. Júpiter o ajudará a partir do dia 25. Você evoluirá sob um céu limpo e terminará o ano bem decidido a fazer com que essa melhoria se prolongue indefinitivamente.

Se solteiro, em 2016, você teve a impressão de avançar com pés pesados e de nunca alcançar suas ambições amorosas. Em 2017, depois de hesitações sofríveis, mas úteis para identificar suas reais prioridades, você aspira a viver de acordo com seus desejos e a decolar. Decolagem prevista para o final do ano, quando alguns conflitos ainda presentes (fim de março, começo de agosto) serão resolvidos e esquecidos e quando você poderá se dedicar a sua felicidade. Em janeiro, você começa um novo ciclo no plano amoroso. Você se livra de um fantasma e/ou faz de tudo para conquistar a pessoa desejada. Até o final de maio, você navega entre exaltação e dúvida, entre a necessidade de brilhar e a determinação em esclarecer as coisas, em compreender aquilo que privou de amar, suas dúvidas, seus medos inconscientes e uma necessidade forte de se conectar a alguém, que o levava a fazer muitas concessões, o que você não desejará fazer em 2017. A partir de junho (especialmente entre os dias 16 e 25), você já terá refletido muito sobre essa questão e poderá se comunicar (no plano afetivo) com conhecimento de causa e em plena consciência de seus recursos. Se você passar um tempo com as pessoas próximas e tentar melhorar seu cotidiano entre os dias 14 e 22 de julho, você só terá uma ideia na cabeça entre os dias 9 e 17 de agosto: se divertir e, se possível, em boa companhia. Você pode, além disso, fazer encontros charmosos e que podem durar caso as histórias que você iniciou no começo do ano tenham ruído. Desejo de se comprometer rapidamente em setembro? Entre 28 de setembro e 6 de outubro, Vênus o convida a dar um passo decisivo na direção do outro. Em novembro, não será mais questão de se limitar, mas sim de ter um olhar amplo e de amar à altura de suas esperanças. Vênus o incita a fazer isso entre os dias 15 e 23 e, a partir do dia 25, Júpiter assume o comando e deve lhe garantir um final de ano inesquecível e, acima de tudo, em boa companhia.

Terceiro decanato (11 de março - 20 de março): Ouse mudar as coisas, mas com prudência!
Desde dezembro de 2016, um clima cósmico favorável permite que você siga em frente sem fragilizar sua energia. Você tem a possibilidade de fazer escolhas e correr riscos calculados. No entanto, você terá decisões (às vezes, difíceis) a tomar no começo de março e no fim de setembro, mas deve conseguir se retirar de um jogo perigoso (litígios, problemas financeiros) e fechar o ano seguro de seus sucessos e de ter evoluído sem se colocar muito em perigo.

Em casal, desde dezembro, você tem a oportunidade de abrir novas possiblidades em sua vida sem romper totalmente com o passado ou conseguindo preservar aquilo que garante sua segurança. Mesmo que você deva ter que enfrentar um litígio ligado à união (divórcio, problema de dinheiro), você encontrará os meios para sair de situações sensíveis inovando e apostando em sua vontade de explorar novos caminhos ou de explorar mais livremente os seus potenciais pessoais. Você começa o ano impulsionado por Vênus, que lhe dotará de um charme irresistível entre 23 de janeiro e 3 de fevereiro. Seu poder de sedução e seu desejo de amar não o impedirão, entre abril e junho, de confrontar questões existenciais ou dúvidas sobre a profundidade de seus relacionamentos. Você conseguirá encontrar respostas que o ajudarão a iniciar debates construtivos entre 25 de junho e 5 de julho. Você desejará fortalecer seus laços em família ou de se instalar em um ninho confortável entre os dias 22 e 31 de julho. Em agosto, destaque para as celebrações. O amor retoma seu curso e você não deixará passar nenhuma oportunidade de reacender a chama e de desfrutar plenamente do momento presente. Em outubro, as decisões que devem ser tomadas o serão. Entre os dias 6 e 14 de outubro, as aproximações afetuosas estarão presentes e você decidirá se conectar ao outro. Entre 23 de novembro e 1º de dezembro, você fará de tudo para concretizar suas esperanças e embarcar o outro em seus sonhos. Enquanto espera por Júpiter, que, desde o final de janeiro de 2018, se encarregará de expandir seus horizontes e de abrir seu coração e seu futuro.

Se solteiro, desde dezembro de 2016, você dispõe de influxos celestes favoráveis a sua expansão em todos os planos. Você não escapará de algumas tensões difíceis de suportar no começo de março e no final de setembro, mas você disporá de um clima suficientemente confortável para tomar decisões sem se desgastar. Desde o começo do ano, Vênus impulsiona seu poder de sedução e lhe dá vontade de agradar. Se, em abril, você questionou a eficiência de seus métodos ou sobre a solidez de um relacionamento que o deixa obcecado ou o desestabiliza, suas intenções e as intenções da outra pessoa ficarão mais claras até o começo de junho. Você terá tempo para testar sua vida amorosa e avaliar se você tem interesse em dar sequência a ela da maneira como ela se encontra. A partir de 25 de junho, Vênus o convidará a fortalecer seus laços através do diálogo ou permitirá que você conheça outras pessoas. Se você passar tempo em família entre os dias 22 e 31 de julho, você se decidirá a se dedicar a sua vida amorosa e a seus prazeres entre os dias 17 e 26 de agosto, quando o inverno será quente e sua libido estará em ebulição. É hora de conquistar e de sucumbir a uma paixão de estação, mas que pode durar muito mais do que isso. Em outubro, você poderá sentir vontade (depois de estudar a questão em setembro) de se comprometer mais profundamente com o relacionamento. Entre 23 de novembro e 1º de dezembro, Vênus o convida a ousar se superar e tentar o impossível. Você não pensará duas vezes antes de se lançar na aventura enquanto espera por Júpiter, que, a partir do final de janeiro de 2018, deve lhe abrir grandes portas no amor e em outros planos!

Meu conselho

Um ano cheio de surpresas. Júpiter o pressionará, o obrigará, de uma maneira ou de outra, a mudar as coisas, a fazer com que o relacionamento evolua. Mas também conte com o poderoso planeta para ajudá-lo a superar seus limites (seus medos) e a realizar plenamente suas ambições amorosas. Você terá todo interesse em abrir o futuro de acordo com seus desejos legítimos.

Vida Social / Forma

Vida social
Suas ambições estão tendo problemas para encontrar a frequência correta. As coisas levam tempo para acontecer. Use bem o tempo. Aproveite para fazer um balanço de seus desejos. Faça os ajustes necessários. Tenha paciência. A partir de Outubro, Júpiter em Escorpião o conectará com pessoas que apoiarão seus projetos e sua realização.

Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro): Nada o impede!
Você não deve encontrar nenhum grande obstáculo em seu caminho em 2017. Você continua seu percurso e se beneficia, a partir de 10 de outubro (a até 25 de novembro de 2017), de uma lufada de oxigênio jupteriano que pode ajudá-lo a realizar algumas de suas ambições mais fortes. No final do ano (a partir de 20 de dezembro e ao longo de todo o ano de 2018), Saturno abre um caminho que você segue sem reclamar. Ele exige muito, mas pode ser muito gratificante e capaz de abrir seu futuro de maneira criativa e construtiva. Entre 28 de janeiro e 10 de fevereiro, você deseja que seu valor seja reconhecido e luta com convicção, fervor e combatividade para defender seus interesses e obter os benefícios financeiros que você merece. Entre os dias 10 e 23 de março, você terá interesse em convencer seus interlocutores a acreditar em você e a seguir suas propostas. Conte com seu carisma e com a expressão de seus talentos entre os dias 4 e 19 de junho para impressionar o mundo ao seu redor e impor seus métodos. O inverno será laborioso. Entre 20 de julho e 5 de agosto, você será levado a trabalhar para responder à demanda, mas deverá tomar o cuidado de não provocar seus colegas se não quiser desencadear conflitos. Você abordará o mês de setembro bem decidido a conduzir seu barco de acordo com seu ideal e não hesitará em iniciar debates, às vezes fervorosos, com seus parceiros sociais, que não deixarão barato se você os provocar. Você acolherá Júpiter a partir de 10 de outubro e aproveitará seu impulso considerável até o fim de novembro. É hora de abrir o caminho na direção do topo e de se preparar para a chegada de Saturno, que, a partir de 20 de dezembro, o convida a se comprometer com a causa certa, a sua, que estará ligada a causa dos outros.

Segundo decanato (1º de março - 10 de março): Mais potência!
Você sofreu um pouco em 2016, quando exigiu mais de si mesmo do que conseguiu cumprir? Uma falta de fé, uma dúvida profunda sobre o valor de seu engajamento social? Em 2017, você retoma o controle, apostando em seus potenciais e na vontade profunda de transformar sua vida. Júpiter o ajudará a desenvolver seus poderes entre 24 de março e 20 de agosto. Você terá contas e alguns conflitos a resolver (final de março, começo de agosto), mas você deve concluir capítulos sensíveis com coragem, determinação e com o desejo de fazer com que as coisas mudem na direção certa. Conte ainda com Júpiter para impulsionar suas ambições e alcançar um ideal a partir do dia 25 de novembro. Será o momento de abrir as asas e de decolar sob alta proteção cósmica a partir do começo de dezembro. Em janeiro (pelo menos até o dia 14), você avança com tudo e não tem medo de abalar um pouco seus parceiros sociais. Em fevereiro (entre os dias 10 e 24), você exige mais controle e o reconhecimento de seus talentos e, entre 23 de março e 7 de abril, você se exalta para defender suas ideias, podendo contar com um Marte dinâmico e oportunista entre os dias 19 de junho e 5 de junho para valorizar seus talentos e impressionar a todos. Você estará preocupado com diversas tarefas a cumprir entre os dias 5 e 20 de agosto. Setembro se anuncia um pouco agitado. Você desejará convencer seus interlocutores da pertinência de suas propostas entre 21 de setembro e 9 de outubro, quando as interações serão tensas, mas criativas. Você deve fechar um ano carregado em plena ascensão, impulsionado por Júpiter, que o ajudará, a partir de novembro, a expandir suas perspectivas e a ganhar potência. Marte, entre o Natal e o dia 10 de janeiro de 2018, reforçará sensivelmente esta excelente tendência. É sua vez de jogar e de ganhar!

Terceiro decanato (11 de março - 20 de março): Em plena mutação!
Você terminou 2016 sob a proteção de um arco celeste harmonioso que permitiu que você cumprisse suas funções e que assumisse tarefas enfadonhas ou um emprego de tempo carregado, começando a desenvolver outros métodos, outras qualidades inexploradas. Em 2017, você continua nesse caminho. Não sem decisões a tomar e desafios a superar (no plano das associações ou das finanças) no começo de março e no final de setembro, quando será hora de acertar os relógios e de fazer escolhas. Conte com Júpiter até o dia 24 de março e entre 20 de agosto e 10 de outubro para acelerar o movimento da mudança enquanto espera pelo final de janeiro de 2018, quando o benevolente planeta permitirá que você se beneficie dos frutos de seus esforços e que expanda suas perspectivas. Em janeiro de 2017, você não temerá nada e não hesitará em forçar um pouco as coisas. Você defenderá suas causas com ardor entre 24 de fevereiro e 10 de março, quando exigirá o reconhecimento de seus direitos (em dinheiro vivo ou através de uma promoção). Em abril, você não será muito prudente entre os dias 7 e 21, quando seus interlocutores só poderão ouvir. Não abaixe sua bandeira, defenda suas ideias e suas posições com unhas e dentes. Destaque para uma criatividade exaltada e uma força de ataque que deve causar efeito em seu entorno e ajudá-lo a marcar pontos em julho (entre os dias 5 e 20). Você trabalhará sem descanso para dar conta de uma quantidade de trabalho considerável ou para encontrar um novo emprego entre 20 de agosto e 9 de setembro. Em outubro, você não suportará receber ordens, mas terá que aceitar lidar com seus parceiros sociais, que cobrarão de você. Você fechará o ano bem decidido a explorar todos os novos aspectos e a convencer seus colaboradores a segui-lo e a mobilizar suas tropas. Reuniões e resultados esperados para janeiro de 2018, quando Júpiter pode lhe abrir o caminho para o topo!

Meu conselho

Um ano que não terá muito descanso, mas que permitirá que você fique mais aliviado e que invista em projetos construtivos. Para preparar o futuro, você deve, em 2017, acreditar em si mesmo e não ter (mais) medo de desenvolver seus potenciais, suas ideias e de tomar caminhos diferentes, inéditos. É questão de percorrer caminhos que servirão à coletividade, mas que também permitirão que você expresse sua personalidade profunda e sua liberdade de agir de acordo com seus métodos.

Ao longo dos meses

Forma
É muito provável que você esteja muito elétrico para manter sua vitalidade. Você é perfeitamente capaz de passar de uma atividade para outra para evitar a monotonia. Ao longo deste ano, sua vitalidade estará no topo de sua forma para a prática de várias atividades que correm o risco de não ter nenhuma ligação entre elas. A boa notícia é que você conseguirá fazer isso, pois você tem uma mina formidável.

Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro): Preserve sua energia.
Nenhuma nuvem em 2017, mas regras de prudência a respeitar se quiser atravessar o ano com uma imunidade completa. Você desfruta das benevolências de Júpiter, que, entre 20 de outubro e 25 de novembro, impulsiona seu entusiasmo e lhe dá asas. No entanto, você não está protegido contra alguns excessos que podem ser prejudiciais e fragilizar seu precioso equilíbrio entre 20 de julho e 5 de agosto, quando Marte terá tendência a pressioná-lo. Prefira cuidar de você e usar sua energia com consciência ao invés de desperdiçá-la em competições inúteis e em batalhas que só o rotularão ou provocarão crises inflamatórias. Você tem mais o que fazer: se lançar em projetos grandes em dezembro, com os quais você deverá se comprometer de verdade, pois eles o mobilizarão por muito tempo. Em 2017, prepare-se para correr e para manter o controle!

Segundo decanato (1º de março - 10 de março): Fim de ano promissor
Você deve ter sido atingido por redemoinhos em 2016, quando um céu carregado baixou sua moral e sua saúde. Em 2017, os horizontes ficam limpos aos poucos, mas você deve permanecer vigilante, especialmente no final de março e no começo de agosto, quando pressões financeiras ou lutas de poder mobilizarão suas energias e podem esgotá-lo. Desconfie também de alguns excessos de autoridade que podem, em agosto (entre os dias 8 e 20), levá-lo a passar dos limites e a abusar de suas reservas. Evite acreditar que tudo é permitido e prefira economizar seu precioso combustível a gastá-lo em brigar por território ou em conflitos de ideias ou de interesses. A partir de 25 de novembro, Júpiter deve ajudá-lo a recuperar suas forças e encorajar seus ímpetos. Você concluirá o ano impulsionado por um arco celeste inspirador e bem decidido a aproveitá-lo para decolar em plena consciência de seus recursos.

Terceiro decanato (11 de março - 20 de março): Protegido contra tudo ou quase!
Desde dezembro de 2016, um clima cósmico favorável a suas iniciativas e a seu crescimento permite que você faça de tudo. Fique atento entre 20 de agosto e 5 de setembro, quando você tenderá a abusar de suas forças. Você se beneficia de uma bela imunidade, mas não está protegido contra possíveis excessos de confiança. Se você quiser evitar pequenos incidentes de percurso neste período, mas também no começo de março e no final de setembro, mantenha o controle de seus nervos, de suas emoções e não passe dos limites. Para bom entendedor...

Meu conselho

Um ano que deve permitir que você tire a cabeça da água para respirar e que você volte, aos poucos, para o caminho certo. Alguns percorreram um longo caminho, mas este ano permitirá que todos relaxem e que retomem o controle. Especialmente, a partir da primavera, quando seus horizontes ficam mais limpos e se expandem. Você sentirá, claramente, a necessidade e a vontade de se preparar física e moralmente para abrir um futuro construtivo em grande estilo e, de preferência, em forma!

As estrelas

Mês a mês

Janeiro
Você começa o ano com tudo e bem decidido a realizar seus sonhos. No entanto, reflita antes de agir para canalizar as forças que o impulsionam e para identificar os riscos a evitar para transformar o sonho em realidade.
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
Desde o dia 1º, você age para tentar concretizar um ideal. Marte acentua sua força de ataque até o dia 14 e ninguém conseguirá resistir a você. Até o dia 12, Vênus lhe dota de um charme devastador e exacerba seus desejos. Especialmente no dia 3, quando você sonha alto e pode contar com o reforço da pessoa amada e de seus amigos para fazer planos e colocar em prática aquilo que é importante para você. Você começa o ano com tudo, motivado e pronto para orientar seu destino na direção certa, a sua. A partir do dia 19, o Sol o convida a se afastar dos acontecimentos para tirar lições do passado e aperfeiçoar suas estratégias ofensivas!
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
Você tem uma visão formada de seu futuro, a qual você deseja concretizar. No dia 7, você milita por seus projetos e consegue, pelo intermédio de um amigo, fazer um plano de batalha que logo será ativado (dia 11) com sucesso. Destaque para o amor e para a inspiração sob o olhar de Vênus, que impulsiona sua sensibilidade no dia 12 e permite, nos dias 20 e 23, que você dê forma a seus sonhos ou que construa as bases de um futuro inspirador. Uma primeira semana que você deve abordar com frenesi e que dá um tom criativo e construtivo a este ano.
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
Você tem sede de expandir seus horizontes, de desenvolver seus potenciais e de aumentar seus recursos, mas pode manifestar certa impaciência no dia 10, quando seus desejos não serão facilmente ouvidos. Um problema financeiro, um litígio ou negociações impedem que você progrida de acordo com seu ideal no dia 12. Você corre o risco de ficar nervoso, se exaltar e cair em um beco sem saída nos dias 19 e 27, quando seus desejos não serão ordens para seu chefe ou para uma autoridade que detém o poder e não parece disposta a lhe dar aquilo que você pede. No entanto, você pode contar, desde dezembro, com uma corrente favorável a sua expansão para continuar seguindo em frente, mas evitando precipitar o movimento.

Fevereiro
Você dispõe de muitos recursos para defender brilhantemente as suas ideias, seus projetos e seus interesses em fevereiro. Para alcançar seus objetivos sem se desgastar em batalhas inúteis, resista à tentação de ir longe demais.
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
Negociações secretas, a vontade de explorar suas qualidades, seus potenciais e seu poder de sedução para tirar o melhor de uma situação sentimental ou social no dia 10 e orientar os debates de forma vantajosa? Mercúrio lhe oferece discretamente os apoios que você precisa, e Vênus lhe oferece o magnetismo e o charme necessários para seu sucesso. Marte lhe garante uma força de ataque incontestável até o dia 10 de fevereiro e o convida a não desistir de nada. A partir do dia 18, o Sol chega a seu signo, lhe dá o controle e abre (a partir de seu aniversário) um novo ciclo de evolução. A lua nova do dia 26 ilumina, por um mês, o caminho e o mantém em destaque.
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
Entre os dias 10 e 24, você estará firmemente decidido a defender seus interesses financeiros e seus direitos. Você deve conseguir marcar pontos por volta do dia 16, quando Marte e Mercúrio se aliam para que suas mensagens sejam passadas e para lhe garantir meios discretos, mas eficientes para defender seus interesses. Com sucesso! A partir do dia 19, você tenta explorar novos talentos ou a desenvolver aqueles que não foram suficientemente explorados, mas você deve esperar um pouco antes de tentar convencer aqueles que o acompanham (no plano privado ou profissional) a acreditar em você e a segui-lo. No dia 22, você tenderá a exigir muito (demais?) e pode ser decepcionado. Para conseguir apoio, aposte na demonstração de seus dons e no tempo e não force as coisas, pois isso poderia desencadear conflitos.
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
Você faz muitos projetos e tem muita ousadia no começo do mês, mas você pode irritar seu entorno se tentar acelerar o movimento sem levar em conta a opinião e as necessidades do coletivo (dia 1º). Cuidado com as possíveis decepções no plano das finanças no dia 2. Tire um tempo para aperfeiçoar seus planos e para se conectar a sua intuição, que será boa conselheira nos dias 9 e 11, quando você poderá mudar as coisas na direção certa e obter aquilo que deseja. Sua prudência também permitirá que você garanta sua segurança e mantenha suas conquistas no plano profissional no dia 14. Você terá faro e combatividade no dia 21 para impulsionar sua renda ou mantê-la em caso de litígio. No final do mês, tente moderar sua tendência a confiar demais em si mesmo, pois isso poderia levá-lo a abusar de sua autoridade e de seus direitos no dia 27. Mesmo que os impulsos sejam permitidos, é bom que você controle os seus se não quiser terminar o dia em meio a uma confusão memorável e que poderia ser evitada se você acalmasse um pouco o jogo.

Março
Você está determinado a obter ganho de causa em um negócio que o interessa e, mais amplamente, o reconhecimento que merece no plano das finanças. Para evitar eventuais nevascas que poderiam esfriar o ambiente, não fique nervoso e não reaja às críticas... esta é a melhor maneira de sair imune!
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
Questões financeiras ou o desenvolvimento de seus potenciais o mobilizam plenamente a partir do dia 16 e você mostrará do que é capaz nos dias 18 e 25. Entre os dias 10 e 23, conte com Marte para iniciar e orientar debates construtivos. Você terá argumentos e determinação para convencer. A partir do dia 20, o Sol o convida a pedir alguns benefícios (aumento, promoção), e a lua nova do dia 28 confirma esta tendência por um mês e lhe dá a energia necessária para orientar bem as negociações.
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
Inspirado e criativo no começo do mês, você corre atrás de um sonho no dia 2 e pensa sobre a melhor maneira de realizá-lo nos dias 4 e 7. Você terá a oportunidade, nos dias 8 e 9, de se conectar favoravelmente a seus amigos, contatos ou sua família, que poderão ajudá-lo a concretizar seus planos. Você tem muitas ideias, mas a falta de recursos (dia 24), negociações e arranjos financeiros podem obrigá-lo a postergar seus projetos. No entanto, você não desistirá facilmente e retomará os debates com veemência no dia 27, mas prepare-se para sofrer uma decepção no final do mês (dia 30), quando problemas, litígios ou procedimentos o puxam para trás e obscurecem provisoriamente seus horizontes.
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
Tensões ou pressões financeiras o deixam nervoso no começo do mês (dia 3), quando você se envolverá em negociações financeiras (ou ligadas ao poder) que o deixarão de cabelo em pé. Você defende suas causas, seus valores e seus interesses com determinação e poderá conseguir algumas garantias no dia 5. Pode ser que você encontre reticências e resistências da parte da autoridade ou de uma hierarquia que se recusará a ouvir seus argumentos nos dias 12 e 17 e que, de uma maneira ou de outra, o dispensará. Tenha paciência e, ao invés de se rebelar de maneira contraprodutiva, confie no tempo e em uma onda positiva para, no final, ganhar a batalha!

Abril
Um mês no qual nem sempre você terá a oportunidade de concluir os debates que se eternizam. Tenha paciência e permaneça prudente em abril. Você verá as coisas de forma mais clara em maio.
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
Mesmo que as negociações começadas no mês passado (em relação a dinheiro, renda, aumento) correrem bem em abril, você deve esperar um pouco antes de concluí-las e obter ganho de causa. A partir do dia 9, se as interações parecerem andar em círculos, não force nada e espere o próximo mês, quando você poderá retomar os debates (a partir do dia 3 de maio). Enquanto espera, afine seus argumentos e tente passar suas mensagens da forma mais clara possível (dia 20). A partir do dia 19, o Sol favorece a comunicação e o convida a dar um passo na direção do outro para tentar fazer com que ele compreenda seus pontos de vista. A lua nova do dia 26 confirma esta orientação e o convida, por um mês, a mantem bons relacionamentos com seus interlocutores, sejam eles privados ou sociais.
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
Até o dia 7, você não terá medo de afirmar e defender seus projetos. Especialmente no dia 6, quando sua ousadia poderá ser recompensada. Nos dias 7 e 9, evite exigir demais, correndo o risco de ofender as sensibilidades ao seu redor. Mantenha-se equilibrado em suas interações. Desde o mês passado, discussões ligadas ao estado de suas finanças, a um gasto ou à gestão de um negócio importante retêm sua atenção, mas você não está sozinho a bordo e deve demonstrar tato se quiser que elas sejam concluídas de maneira vantajosa.
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
Você não apreciará a atmosfera que reinará em casa ou no trabalho no começo do mês, quando seus pedidos de afeto ou de reconhecimentos serão um pouco frustrados por acontecimentos ou decisões tomadas pela hierarquia (dia 8). Entre os dias 3 e 28, é possível que um problema ligado, ao mesmo tempo, a afeto e a dinheiro o preocupe e o pressione. Tente encontrar ideias e soluções criativas (dia 14) sem ceder à impaciência. Você encontrará as palavras necessárias para avançar os debates na direção certa, privilegiando uma escolha verbal ofensiva (mas não agressiva) no dia 17, quando suas interações serão cheias de raciocínio e equilíbrio. No entanto, você terá dificuldade para concluir o mês sem ficar mal humorado no dia 21, quando você terá a impressão de não ser ouvido e compreendido. Se possível, afaste-se de um contexto estressante e conte com o tempo e com o clima, ainda protetor, para fazer com que sua situação evolua na direção certa.

Maio
Mesmo que a família lhe cause problemas e o impeça, de uma maneira ou de outra, de fazer aquilo que você deseja em maio, evite contrariar quem quer que seja. É lubrificando as engrenagens e suavizando suas interações que você conseguirá apoio!
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
Até o dia 5, Marte permite que você administre as situações com energia e eficiência, e Vênus (até o dia 14) lhe dá vontade de investir para melhorar suas condições de vida ou para concluir debates em relação a sua conta bancária ou à exploração de seus potenciais e dons. Você desejará agradar seu entorno. Entre os dias 16 e 25, as coisas irão bem entre você e os outros, e você poderá suavizar os ângulos, apaziguar eventuais conflitos e fortalecer seus laços através de uma comunicação construtiva. A partir do dia 20, o Sol o convida a se preocupar com sua vida privada. Tente dedicar um pouco de seu tempo às pessoas próximas, que exigirão sua atenção e não apreciariam ser deixadas de lado. A lua nova do dia 25 também o pressionará para que você seja mais presente na vida das pessoas que contam para você.
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
Você está visivelmente inspirado no começo do mês (dia 4). Sua intuição o guia e deve permitir (dia 9) que você marque pontos, que promova um projeto que lhe agrada ou que defenda suas causas diante de um grupo de conhecidos ou de amigos, que compreenderão seus pontos de vista. É em família que as coisas irão mal no dia 11, pois suas declarações de autoridade não convencerão e podem irritar alguns. Se você tiver que administrar um procedimento ou um litígio ligado à família ou a sua vida privada, você será muito eficiente e deverá obter ganho de causa no dia 12. No entanto, não se mostre muito ávido no dia 25, quando seus desejos não serão ordens. Prefira pensar, refletir e tomar decisões com conhecimento de causa a se deixar guiar por suas emoções, que não serão boas conselheiras em maio!
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
As interações serão retomadas a partir do dia 3 e, se você estiver preocupado com questões financeiras, você deverá esperar um momento para poder concluí-las (começo de junho). Não lhe faltam ideias e ousadia para fazer a diferença e acelerar o movimento no dia 10, quando você surpreenderá seus interlocutores (ou será surpreendido pelos acontecimentos). Conte com uma onda positiva que o acompanha e o apoia desde dezembro de 2016 para liberar o caminho sem perder o norte, para retomar os debates e propor soluções inovadoras sem deixar de garantir sua segurança. Se diferenças de opinião o opõem a sua família ou a uma pessoa próxima, não bata de frente e evite agredir quem quer que seja para não ser agredido de volta. Aposte em sua imaginação e em sua inteligência para os negócios para fazer a diferença no dia 31 e orientar os debates na direção certa, a sua!

Junho
Neste mês, esteja disponível para as pessoas que você ama e escute suas necessidades se quiser harmonizar os laços e iniciar o inverno em grande estilo e bem acompanhado.
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
Até o dia 19, conte com Marte para impulsionar sua libido e soltar faíscas no amor, domínio no qual você sentirá vontade de tudo. Você saberá comunicar seus desejos e provocar o entusiasmo de seu entorno, que apreciará seu bom humor e unirá a sua determinação de se divertir no dia 9. A partir do dia 21, o Sol reforça seus desejos e favorece a expressão deles. Você aproveitará esse céu cúmplice de seus ímpetos para reacender a chama ou iluminar o coração da pessoa que lhe agrada e com quem você poderia cruzar neste final de mês propício para os encontros. A lua nova do dia 24 o convida, por um mês, a cuidar de sua aparência, a impressionar a todos e a expressar seus talentos em todos os domínios.
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
Em junho, você trabalha para melhorar suas condições de vida e encontra os meios para realizar aquilo que é importante para você nos dias 3 e 13. Tente ser claro em suas intenções e proposições para a família se não quiser sujar o jogo nos dias 4 e 14. As coisas vão bem entre você e os outros no dia 20, quando seu charme deve causar efeito em todos e ajudá-lo a concluir os debates (financeiros?) de forma vantajosa no dia 24. A partir do dia 19, conte com um Marte vulcânico para colocar seus sentidos em ebulição, mas desconfie de uma tendência a abusar de seus direitos no dia 25. Se você acreditar que tudo é permitido, você corre o risco de provocar a ira daqueles que esperam um deslize de sua parte (tome cuidado se você estiver em litígio). Tente se conectar a sua intuição em vez de forçar as coisas se quiser liberar o caminho sem ter que pagar por isso.
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
Você obtém ganho de causa e os benefícios que exigir no começo do mês (dia 1º). Você pode ser agradavelmente surpreendido (dia 3). É em família que você deve fazer esforços em junho. Sua presença será exigida e você não estará protegido contra críticas (dia 15) se escapar de suas responsabilidades. No entanto, você conseguirá encantar as pessoas que você ama no dia 18, encontrando soluções para melhorar as condições de vida de seu entorno, mas não aproveite isso para se acomodar. Permaneça à escuta das necessidades da família e continue trabalhando para mudar as coisas para melhor em família (dia 20).

Julho
O inverno desperta seus apetites e aguça seus desejos. Para aproveitar esses influxos exaltantes que passam por você, você deve levar em conta as expectativas dos outros, pois é em companhia que você poderá desfrutar plenamente e sem reservas do momento presente!
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
Entre os dias 5 e 14, Vênus o convida a fazer com que a paz reine em família, domínio no qual sua boa vontade, no dia 7, pode suavizar os ângulos além de ajudá-lo a passar suas mensagens com delicadeza, a administrar as situações e a responder com generosidade às necessidades de cada um. A partir do dia 22, você não terá medo de arregaçar as mangas para cumprir suas tarefas, seja em casa ou no trabalho. Você tem muito trabalho a fazer. A lua nova do dia 23 o convida a agir sem hesitação e a servir ao outro. Você dobrará de cuidado para dar conta da demanda (dia 27), correndo o risco de fazer coisas demais e acabar o mês estressado. Para evitar problemas (de saúde, mas também tensões em seus relacionamentos), afaste-se um pouco do cotidiano exigente e aja sem ultrapassar seus limites.
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
Você queima de vontade de satisfazer seus desejos e de desfrutar plenamente do momento presente? É possível se você evitar impor suas vontades a seu entorno, pouco disposto a satisfazê-lo a qualquer preço e passar suas necessidades na frente daquelas das outras pessoas. Você estará mais inspirado no dia 6, mas ainda ávido e com dificuldade para equilibrar suas exigências. Aposte em sua boa vontade de ajudar e servir às pessoas próximas nos dias 14 e 18 para transformar as situações de forma vantajosa para conseguir aquilo que você deseja, seja no amor ou no plano financeiro.
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
Evite misturar histórias de amor e questões financeiras no dia 5, quando, se você provocar debates, eles podem se transformar em conflitos. Idem por volta dos dias 18 e 21, quando você manifesta um apetite voraz e tem tendência a fazer somente aquilo que lhe dá na cabeça. Você corre o risco de desencadear uma crise no amor, pois seu parceiro não está decidido a segui-lo aonde você quiser e não ficará encantado com suas decisões, que não agradará a todos. Você transborda de desejos e de criatividade, mas sofre para expressá-los sem ofender algumas sensibilidades. Espere o final do mês (dia 30) para restabelecer uma comunicação mais harmoniosa com a família e com as pessoas que contam para você. Você compreenderá que, para convencer, é preciso provar para as pessoas próximas que está agindo tanto pelo interesse delas quanto pelo seu.

Agosto
Para aproveitar plenamente de um inverno efervescente, expresse seus sentimentos e seus desejos sem impor qualquer coisa que seja a quem quer que seja. É apostando em seu magnetismo tórrido e não em sua autoridade que você conseguirá apoio e receberá recompensas ardentes e sensuais da pessoa que você ama ou que deseja seduzir.
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
Até o dia 9, aproveite a presença de Vênus no setor dedicado a sua vida amorosa para reacender a chama, fazer belos encontros e expressar abertamente sua sede de gratificações sensuais e afetivas. Você brilha e seu charme irresistível deve ajudá-lo a fazer algumas vítimas, deliciosamente dispostas. A partir do dia 22, o Sol confirma esta charmosa tendência e o convida a revisitar, em excelente companhia, o romantismo. Você não hesitará, no dia 26, em passar suas mensagens e colher os frutos de suas declarações ardentes, que não deixarão ninguém indiferente!
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
O começo do mês lhe dá um choque de realidade. Cuidado com os projetos extravagantes, os quais seus recursos não dariam conta de realizar. Júpiter favorece ganhos inesperados ou ligados aos outros (associações, aluguéis, heranças), mas não autoriza que você ultrapasse os limites por volta do dia 4, quando você pode se enganar por conta de um procedimento, um litígio e uma configuração cósmica um pouco frustrante. Você estará mais consciente da realidade e mais disposto a fazer concessões úteis (indispensáveis) no dia 10, quando você se afasta um pouco dos acontecimentos. Prudência novamente por volta dos dias 15 e 17, quando você terá dificuldade para frear seus apetites. Você tem sede de desfrutar plenamente do momento presente e de concretizar imediatamente suas aspirações, mas corre o risco de encontrar grandes resistências no dia 20, quando, sejam quais forem suas exigências, elas provocarão conflitos contra seus interesses. Prefira abaixar seu tom de voz se não quiser comprometer suas chances de se retirar desse jogo perigoso.
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
Entre os dias 17 e 26, um Vênus sensual o convida a soltar faíscas no amor. É hora de reacender a chama, de soprar as brasas e expressar abertamente seus sentimentos e suas expectativas. Paralelamente, o Sol recomenda que você trabalhe para responder à demanda do plano profissional, mas lhe dota de uma eficiência que deve seduzir sua hierarquia e ajudá-lo a consolidar sua situação no dia 13. Conte também com sua disponibilidade e sua capacidade de superar desafios e cumprir corajosamente suas tarefas no dia 21 para abrir novos caminhos, encontrar um trabalho que corresponda a seus talentos ou obter um bônus ou um benefício que permitirá que você melhore seu cotidiano. Você deve fechar o mês em excelente posição para conquistar o que quiser: um aumento, uma promoção ou uma renda (abono) que permitirá que você vislumbre seu futuro com serenidade.

Setembro
Você começa este mês com tudo e bem decidido a mudar as coisas de acordo com seu ideal no trabalho e a impulsionar seus projetos. Para alcançar seus objetivos sem provocar redemoinhos ou alimentar possíveis controvérsias, ouça atentamente e se afaste dos acontecimentos e de suas emoções em vez de aumentar a voz!
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
Entre os dias 5 e 21, você não hesitará em iniciar debates construtivos e até em provocar um pouco seus interlocutores ou associados, que se interessarão por seus argumentos afiados (dia 16). Você fará de tudo para ganhá-los em suas interações e afirmar sua autoridade e seus direitos. Entre os dias 20 e 28, Vênus assumirá o controle. Será preciso se colocar à escuta do outro. Não se isole em setembro e multiplique as iniciativas para se conectar aos outros. Prepare-se para a chegada de Júpiter, que, no próximo mês, deve abrir as válvulas e permitir que você conquiste coisas extraordinárias. E, assim, favorecer sua decolagem com a garantia do apoio de seu entorno.
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
Jogue limpo com o outro (dia 5) se quiser marcar pontos e obter seu apoio para realizar planos importantes para você no dia 9. Se você tentar enganar seus parceiros (privados ou profissionais), seus amigos ou colegas, você corre o risco de ter que pagar por isso e de destilar dúvidas e confusão em suas interações nos dias 20 e 30. Prefira se dispor a ouvir a pressionar quem quer que seja no dia 24, quando, se você se mostrar agressivo, você desencadeará mal-entendidos que podem alterar suas interações. Aposte em um diálogo de coração aberto e sem ambiguidades se quiser convencer seus interlocutores a acreditar em você, a segui-lo e a ajudá-lo a concretizar seus projetos.
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
Até o dia 5, você demonstra uma eficiência incontestável e consegue obter aquilo que deseja nos planos financeiro e material nos dias 2 e 3, quando suas intervenções marcarão pontos. No dia 13, aposte em sua boa vontade de participar e de trabalhar pela coletividade para conseguir o apoio da hierarquia. No dia seguinte, evite impor suas diretrizes, correndo o risco de ofender a sensibilidade de seu chefe ou daqueles que não apreciarão nada suas demonstrações de autoridade. Nos dias 15 e 18, Vênus o ajudará a suavizar os ângulos, mas não evitará, no final do mês, que você lide com uma situação delicada ou com uma decisão sensível a tomar no plano material ou em relação a um litígio que pode desestabilizar suas finanças. Felizmente, você se beneficia de um clima que deve evitar que você cometa erros e que corra riscos inconsiderados.

Outubro
Afaste-se um pouco dos acontecimentos e aceite refletir antes de agir se não quiser se encontrar em uma posição constrangedora. A impaciência será má conselheira em outubro. Ao invés de fazer o que lhe dá na cabeça, observe antes de se lançar!
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
A grande novidade do mês? A partir do dia 10, Júpiter deve ajudá-lo a afirmar e a concretizar algumas de suas ambições. Sejam elas profissionais, afetivas e/ou espirituais, você pode contar com o gigante do zodíaco para favorecer sua expressão e acentuar seu desejo (e suas possibilidades) de alcançá-las. Até 25 de novembro, você terá a impressão de que o horizonte fica limpo e de que tudo é possível. Não perca nenhuma oportunidade de se superar e de se desenvolver por volta dos dias 18 e 26, quando, de uma maneira ou de outra, você se beneficia da benevolência do céu. A partir do dia 23, o Sol contribuirá com este ímpeto e você não sentirá mais vontade de forçar o destino para sentir que pode abrir suas asas e decolar!
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
Até o dia 6, Marte permite que você convença seu entorno a aderir a seus projetos e a uma missão de vida que o inspira. Nos dias 1º, 3 e 5, você usará seu charme e seu poder de persuasão para marcar pontos e alguns corações. No entanto, você deve encarar realidades menos animadoras e levar em conta o estado de suas finanças (dias 9 e 10), que nem sempre permitirá que você realize seus sonhos sem fazer concessões. Espere o próximo mês (Júpiter encoraja suas iniciativas a partir do dia 25) para expandir as fronteiras do possível e resolver as situações!
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
As coisas não vão muito bem entre você e seu chefe, e suas iniciativas podem chegar a um beco sem saída no dia 8, quando a frustração o deixa para baixo. Não aumente sua voz de maneira alguma no dia 11, quando isso só serviria para acentuar as diferenças e irritar sua hierarquia. Prefira entrar em acordo, fazer algumas concessões, negociar sem se exaltar e inicie debates construtivos no dia 16 em vez de tentar a sorte, o que não daria certo. Espere o próximo mês, quando as ondas cósmicas lhe garantem uma rede de proteção antes de saltar ou de correr riscos. Você está protegido desde o verão de 2016? Isso não é motivo para forçar o destino.

Novembro
Um mês dinâmico e cheio de oportunidades de se distinguir e de soltar faíscas sem se colocar em perigo? Aproveite este céu limpo para ir em frente sem ter que forçar o movimento.
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
Entre os dias 7 e 15, Vênus exalta sua vida amorosa e lhe dá vontade de encontrar a pessoa certa ou de fazer com que seu relacionamento evolua. Alguns desejarão compartilhar um sonho, outros, embarcar no romantismo. Conte com a benevolência de Júpiter (por volta do dia 13) para satisfazer suas expectativas e realizar seus sonhos. A conjunção de Vênus e Júpiter pode ajudá-lo a alcançar um ideal no amor, mas também em outros planos (criatividade, atividade profissional ou aspirações espirituais). A partir do dia 22, o Sol o coloca em destaque no trabalho. Será questão de defender suas posições e de aproveitar as oportunidades recentes para impressionar.
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
Você está visivelmente inspirado e deseja superar seus limites no começo do mês (dias 3, 9, 16 e 17) e fazer de tudo para concretizar um projeto (coletivo ou em relação a sua união?) importante para você. No dia 19, não tente pressionar seu gerente para conseguir os fundos para financiar seus planos e espere até o dia 25 para agir. A partir do dia 25, Júpiter se encarrega de resolver as questões e deve permitir que você realize suas ambições.
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
Neste mês, você encontra condições cósmicas que garantem sua segurança desde o verão de 2016. Aproveite este contexto favorável a suas iniciativas para ousar mudar sem arriscar fragilizar suas referências. Se, no começo do mês, você deve tentar moderar um pouco seus apetites e pedir benefícios mais razoáveis, você os conseguirá sem muita dificuldade e poderá abordar o final do ano em plena consciência de seus recursos e bem decidido a se lançar com prudência. A lua nova do dia 18 ilumina, por um mês, seus potenciais e confirma sua capacidade de expandir seus horizontes, seja nos negócios ou no amor!

Dezembro
Um mês e um final de ano que você abordará com tudo e bem decidido a acelerar o movimento... em 2018! Para otimizar estas charmosas perspectivas e se preparar para concluir o último capítulo antes de 2018, mantenha o controle de seus impulsos e de sua imaginação se quiser construir fundações duradouras!
Primeiro decanato (19 de fevereiro - 28 de fevereiro)
Seu final de ano será marcado, principalmente, pela chegada de Saturno em Capricórnio (dia 20) e, assim, no domínio de seu mapa dedicado a seus projetos. Depois de um tempo de estabilização de suas conquistas, no qual você teve que superar inúmeros desafios para manter ou encontrar sua posição, você aborda, em dezembro e até o final de 2018, um período de elaboração de projetos importantes e determinantes para seu futuro. No entanto, não seja individualista demais. Será preciso ter uma perspectiva coletiva, na qual seus interesses estejam intimamente ligados àqueles do grupo do qual você faz parte ou ao qual você serve. Há muito trabalho a fazer, mas também a possibilidade de desenvolver e explorar seus potenciais em longo prazo!
Segundo decanato (1º de março - 10 de março)
Você termina o ano sob excelentes auspícios e desfruta ao longo de todo o mês (e de uma boa parte do ano que vem) de um arco celeste harmonioso que deve permitir que você expanda consideravelmente seus horizontes e toque os dedos e o coração em um ideal ao qual você aspira há bastante tempo. Por volta do dia 3, você estará alinhado com uma inspiração que o guia por bons caminhos. Se você evitar descolar demais da realidade e, apesar da exaltação, conseguir manter os pés no chão (pelo menos um), você deve, em dezembro, começar a construir as bases de suas realizações e de seus planos e se mobilizar de corpo e alma (dia 28) para acelerar o movimento ascendente!
Terceiro decanato (11 de março - 20 de março)
Evite exigir demais daqueles que detêm o poder e o controle (dia 1º) se não quiser servir contra si mesmo e seus próprios interesses. Prefira (dia 6) agir com consciência, discernimento e prudência. Assim, você deve conseguir marcar pontos (dia 10) e desbloquear fundos e/ou mudanças que o acorrentam (dias 16 e 20). Você tem a possibilidade de fechar um ano que o ajudou a concluir um capítulo importante sem se desestabilizar demais ou perder suas conquistas em grande estilo. Tudo isso enquanto espera as benevolências de Júpiter, que o encorajará a se superar no final de janeiro de 2018.


Meus horóscopos
Artigos astrológicos
Novidades astrológicas

Acesso rápido ao conteúdo

Horóscopo
Horóscopo 2019
Previsões astrais
Horóscopo Diário
Mensal
Sazonal
Horóscopo Chinês 2019
Notícias das estrelas
Cálculo de ascendente
Tarô
Tiragem tarô
Tarô de Marselha
Tarô da Mlle Lenormand
Os Oráculos
Amor
Compatibilidade Amorosa
Compatibilidade entre signos
Compatibilidade entre nomes
Diário
Mensal
Anual
Cor do dia
Signos Astrológicos
Signos do Zodíaco
Elementos do zodíaco
Psicologia Astral
Signos Chineses
Elementos Chineses
Astrologia Infantil
Astrologia
Atualidade Astrológica
Arquivo Astrológico
Astrologia Mundial
Astrologia no Mundo
Planetas e Astros
Trânsitos Astrológicos
Numerologia
Cotidiano
Personalidade Numerológica
Numerologia 2019
Numerologia Amorosa
Quem somos nós?
Nosso astrólogoa
Continue conectado
Avisos legais
Dados pessoais
Regulamentação RGPD
Nossos aplicativos
Siga-nos
© Direito autoral 2006-2019 - Meu Horóscopo do Dia - Todos os Direitos Reservados
 Mecanismo de busca:
Artigos do dia

Qual é meu signo astrológico chinês?
Você é rato, boi, tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, cabra, macaco, galo, cão ou [...]



Madeira, Metal, Água, Terra ou Fogo?
Para descobrir: seu elemento chinês entre os 5 elementos chineses propostos, que são a Madeira, o [...]



Modo Mutável na Astrológia
Os signos mutáveis representam o fim da estação. Descubra [...]


Outras línguas:
Mio Oroscopo del Giorno  Mein Horoskop jeden tag  Mi Horóscopo del Día  Meu Horóscopo do Dia

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site

Novo
2019