Meu Horóscopo do Dia
Domingo 22 de Setembro
Inácio de Santhiá
Nossos aplicativos
  •   
Siga-nos
  •   
veja todos os seus horóscopo grátis
O Carro
O Carro
O signo de Virgem
O signo de Virgem
Que tipo de leitor você é
Que tipo de leitor você é
O número 22
O número 22
» » » » »

Arquivo do horóscopo anual de para Escorpião para 2017

  Escrito por Andreia

Amor

Você passará o ano com os dois pilares prediletos, Netuno e Plutão, para apoiá-lo. Um deles amplifica seus sentimentos, que são o seu melhor guia. O outro lhe fornece sua resistência e seu vigor. Com tudo isso na sua bagagem, a viagem pelo ano de 2017 seguirá sem problemas. Júpiter guarda o melhor para o final com sua instalação em seu signo no dia 9 de Outubro.

Amor
Marte e Netuno, desde primeiro de Janeiro dão o tom no plano amoroso. Esses dois planetas colocam sua vida amorosa em uma frequência carinhosa e simbiótica. Sua vida amorosa cairá sobre o essencial. Ela se livra das coisas fúteis que não lhe trazem nada. Os sentimentos são evidentes. As palavras não conseguem expressá-los. Com você, eles são vividos, simples assim.

Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro): Um ano construtivo!
Em 2017, você se beneficia de um céu mais limpo para fazer com que sua vida privada evolua na direção certa. Nenhum aspecto maior escurece seus horizontes e você se beneficia, a partir de 10 de outubro, da generosa presença de Júpiter em seu decanato (até 25 de novembro). Será um período para soltar faíscas e/ou concluir um capítulo em sua vida amorosa e em todos os planos.

Em casal, a partir do começo de janeiro, Vênus lhe dota de um charme devastador e permite que você espere o melhor entre os dias 3 e 12 de janeiro. Você tenta ancorar seus sucessos recentes ou fortalece seus laços ao redor de uma cumplicidade compartilhada. Entre os dias 3 e 19 de fevereiro, mas também entre 28 de abril e 14 de maio, você dobra seu cuidado para instalar um clima agradável em casa e encantar seu cotidiano. Entre os dias 6 e 16 de junho, conte com Vênus para magnetizar o parceiro. Você escutará até seus menores desejos e poderá, entre os dias 5 e 14 de julho, decolar com ele e viver momentos fortes, cheios de emoções e sensações. Você desejará fazer com que a união evolua na direção certa entre os dias 31 de julho e 9 de agosto, e abrir as escotilhas para se projetar em um futuro inspirador entre os dias 20 e 28 de setembro. A partir do dia 10 de outubro (e até o dia 25), Júpiter o deixa em transe e deve reforçar seu poder de sedução e impulsionar seus desejos. Vênus confirma esta excelente tendência entre os dias 7 e 15 de novembro, quando o delicioso planeta lhe oferece um magnetismo e um charme irresistível. Você deve concluir o último capítulo antes de 2018 bem acompanhado, rodeado pelas pessoas próximas e por uma afeição que você saberá como manifestar e que permitirá que você conclua um ano muito construtivo em grande estilo.

Se solteiro, nada parece querer se opor a sua felicidade em 2017, quando o céu lhe oferece uma bela rampa de lançamento na direção de um futuro construtivo. Desde o começo do ano, você se beneficia de vários recursos para fazer conquistas, especialmente entre os dias 3 e 12 de janeiro, quando seu charme irresistível deve causar efeito em todo mundo. Entre os dias 3 e 19 de fevereiro e entre 28 de abril e 14 de maio, você trabalhará para ser mais atencioso no cotidiano, o que não deixará ninguém indiferente e pode ajuda-lo a ancorar uma paixão recente ou a conquistar sua alma gêmea. Se você deseja se comprometer, aposte no final do outono (entre os dias 6 e 16 de junho) para concluir um capítulo, mas também para fazer encontros promissores se você ainda estiver sozinho. Entre 31 de julho e 9 de agosto, Vênus exalta sua imaginação e sua vontade de mudar as coisas. Você aspira a abrir suas asas e a superar seus limites anteriores. O começo da primavera o convida a fazer planos animadores (entre os dias 20 e 28 de setembro) e você pode contar com Júpiter a partir do dia 10 de outubro para retomar o controle das coisas. Você disporá, até o final de novembro, de um magnetismo poderoso, que exercerá um poder de atração considerável sobre seu entorno e deve permitir que você cative quem quiser. Assim, você concluirá em ebulição e bem acompanhado um ano que promete e abordará 2018 em plena consciência de seus recursos.

Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro): Renascimento!
Em 2016, você sofreu com uma falta de perspectivas? Você teve a impressão de ser constantemente puxado para trás por responsabilidades ou bloqueios financeiros que cortavam suas asas ou tinha dificuldade para expressar plenamente seus sentimentos? Em 2017, você se liberta aos poucos (fim de março, começo de agosto) dos pesos e das pressões que bloqueavam seus ímpetos e poderá se reconectar a uma exaltação amorosa, que foi um pouco esquecida nos últimos tempos.

Em casal, em 2016, você não se sentia nem feliz, nem satisfeito, tinha a sensação de frustração em relação a seus desejos e de ser travado por conta de humores depressivos ou de freios (financeiros, ligados à expressão de seus dons) que o impediam de desfrutar plenamente do momento presente. Você retoma o controle das coisas em 2017 e, a partir de janeiro, você vive de forma mais sensual e emocional. Entre os dias 12 e 23 de janeiro, você libera uma aura que não deve deixar o outro indiferente. Em seguida, você trabalhará para harmonizar e até apimentar um cotidiano que deixou a desejar em 2016. Entre 19 de fevereiro e 16 de março e entre os dias 14 e 6 de maio, você usará de muita boa vontade para melhorar suas condições de vida e deverá lidar com alguns imprevistos ou atrasos que o irritarão a partir do começo de março. Entre 16 e 25 de junho, você deverá encontrar as respostas certas e a maneira correta de viver sua união, e terá a oportunidade de fortalecer os laços e de reacender a chama. Você aproveitará o começo da primavera (entre 28 de setembro e 6 de outubro) para colocar um projeto em andamento (um bebê, uma mudança?) e poderá contar, a partir do dia 25 de novembro, com a presença de Júpiter para concluir um capítulo importante e fechar o ano em grande estilo!

Se solteiro, você ficou um pouco deprimido em 2016 e sofreu pelo fato de não poder expressar plenamente os seus desejos e a sua vontade de viver histórias fortes. Você tinha a impressão de ser puxado para trás. Você pode esperar começar o ano apoiado por elementos que o convidarão a se lançar na aventura. Especialmente entre os dias 12 e 13 de janeiro, quando Vênus impulsiona seu brilho e faz com que você saia de sua zona de conforto. É hora de abrir suas asas, seus olhos e seu coração. Até a metade de maio, você disporá de recursos preciosos para passar suas mensagens e preservar uma onda sensual que pode chamar a atenção de quem você quiser. A partir do dia 4 de março, pode ser que você hesite sobre o caminho a tomar ou as decisões a fazer, mas deve, em junho, se aproximar de alguém que conta para você ou abrir espaço para uma pessoa que pode seduzi-lo (entre 16 e 25 de junho). Você aspira a escapar ou a se superar para encontrar a pessoa certa ou fazer com que um laço recente evolua entre os dias 9 e 17 de agosto e se sentirá inspirado para fazer projetos animadores entre 28 de setembro e 6 de outubro. O final do ano se anuncia flamejante. Sob a tutela de Júpiter a partir do dia 25 de novembro, você se beneficiará de um reganho de energia e de uma vontade louca de se lançar na aventura. Com sucesso e com o apoio de Vênus, que, a partir do Natal, o ajudará a passar suas mensagens com suavidade. Feliz ano novo!

Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro): Você expande seus horizontes!
Desde dezembro de 2016, você se beneficia de belas aberturas cósmicas que o ajudam a temperar seu cotidiano e a escapar de uma camisa de força que o sufocava. Em 2017, conte com o reforço desta tendência (por volta dos dias 19 de maio e 11 de novembro), que permitirá que você viva mais em adequação com seus desejos profundos e que o libertará dos pesos (financeiros, sociais) que o pressionavam. Será necessário tomar algumas decisões sensíveis (começo de março, fim de setembro) para se poder ter uma vida melhor, mas você disporá dos recursos para fazer com que sua vida evolua na direção certa. Tudo isso enquanto você espera a chegada de Júpiter em seu decanato em 2018 (a partir do final de janeiro), que se anuncia maravilhosamente promissor!

Em casal, desde o verão de 2016, você sente um vento levar embora as responsabilidades que o impediam de viver aquilo que você deseja viver. Conte com correntes positivas em 2017 para alcançar uma liberdade que permitirá que você vislumbre o presente e o futuro sem bloqueios. Entre os dias 23 de janeiro e 3 de fevereiro, Vênus lhe dota de um charme irresistível, que deve fazer efeito em seu parceiro. Até o começo de junho, você trabalhará para melhorar e apimentar seu cotidiano. Você usará todos os seus recursos e uma estratégia amorosa eficiente para melhorar sua vida afetiva. Entre 25 de junho e 5 de julho, conte com Vênus para fortalecer os laços e, entre os dias 17 e 26 de agosto, para fazer com que seu relacionamento evolua na direção certa. Você não teme se lançar em novos desafios, fazendo novos projetos entre os dias 6 e 14 de outubro. Entre os dias 23 de novembro e 1º de dezembro, você usará seu magnetismo tórrido para deixar seu parceiro ainda mais apaixonado e reacender a chama. O final do ano se anuncia sob bons auspícios e favorece as interações afetuosas. Tudo isso enquanto espera por Júpiter, que, a partir do final de janeiro de 2018, recarregará suas baterias e o manterá ligado!

Se solteiro, desde dezembro, você desfruta de ondas positivas para renovar sua vida, garantindo sua segurança. Você conseguirá ter acesso a novos potenciais que permitirão que você se liberte dos pesos que o mantinham preso. O ano começará com tudo. Entre 23 de janeiro e 3 de fevereiro, você seduzirá quem quiser. Em seguida, no outono, você desejará se instalar em um relacionamento recente ou suavizar os ângulos com um entorno que você quer apaziguar. Você fará de tudo para melhorar seu cotidiano e poderá colher os frutos de seus esforços no começo do inverno. Aposte em Vênus para ancorar uma paixão recente e para usar seu charme irresistível, que deve ajudá-lo a marcar pontos entre 25 de junho e 5 de julho. Você usará todos os seus talentos e aspirará a viver momentos exaltantes, a encontrar a pessoa certa (se ainda não tiver encontrado) entre os dias 11 e 20 de setembro. Destaque para os projetos entre amigos ou com seu novo parceiro entre os dias 6 e 14 de outubro. Vênus impulsiona seu signo e seu decanato entre 23 de novembro e 1º de dezembro. Só se terá olhos para você e você não hesitará nem um segundo antes de se lançar na aventura. A partir do final de janeiro de 2018, você se beneficiará do apoio efetivo de Júpiter, que lhe dará vontade de tudo e os recursos para conseguir!

Meu conselho

Um ano que promete e que pode mudar a vida de alguns? Para aproveitar plenamente as ondas positivas que podem levá-lo às nuvens em 2017, comece a se libertar de seus medos e ouse expressar seus potenciais. Você brilhará e seduzirá quem quiser. Até o final do ano, você poderá fazer conquistas ou reforçar os laços que realmente contam para você há pouco ou muito tempo.

Vida Social / Forma

Vida social
Suas atividades ficarão mais leves, aliviando aquilo que é cansativo e lhe coloca pressão. Leve esses acontecimentos na direção correta. Esses casos estão aí para que outras coisas melhores aconteçam na hora certa. Esse período está previsto para o começo de Outubro com a passagem de Júpiter por Escorpião. Ele coloca seus talentos em evidência e os conecta a pessoas que procuram e apreciam seu know-how.

Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro): Pronto para se lançar!
A passagem está livre em 2017, quando você não encontrará dificuldades em seu caminho. Nenhum planeta faz sombra e você se beneficia, entre 10 de outubro e 25 de novembro, do apoio de Júpiter, que impulsionará seu decanato e lhe dará a vontade de se expressar mais abertamente e de se lançar em novas aventuras. Entre 28 de janeiro e 10 de fevereiro, você multiplica seus esforços para impressionar seu entorno e pode mostrar que você é insubstituível. Entre os dias 10 e 23 de março, tente não fazer muito barulho. Se você quiser conseguir apoio e convencer seus associados a confiar em você, utilize o diálogo e não a agressividade para chegar a seus fins. Assim, você evitará polêmicas inúteis. Você acelera o movimento entre os dias 4 e 19 de junho, quando você defenderá sua causa sem reservas e deve marcar pontos (se você der forma a seus projetos) entre 20 de julho e 5 de agosto, quando só se terá olhos para você. Destaque para os projetos ambiciosos entre os dias 5 e 21 de setembro. A primavera se anuncia animadora. Júpiter desembarca em seu signo e ocupa seu decanato entre 10 de outubro e 25 de novembro. É a oportunidade de sair de sua zona de conforto, de retomar o controle das coisas e de se impor, estando confortável consigo mesmo. No entanto, entre os dias 22 de outubro e 7 de novembro, você deveria se afastar dos acontecimentos porque estará um pouco nervoso. Você deve fechar o ano em plena consciência de seus recursos e bem determinado a se impor e até a forçar um pouco as coisas, mas com sucesso.

Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro): Nada de procrastinar!
2016 cortou suas asas e sua moral? Você estava desesperado para encontrar um lugar ao sol e teve dificuldades para identificar e expressar seus talentos? Em 2017, você se recupera e se mostra bem disposto a defender suas causas. Pode ser que você ainda se sinta um pouco pressionado (fim de março, começo de agosto), mas deve fechar o ano em grande estilo, inspirado e apoiado pelos elementos. Em janeiro, você será destemido e procurará impor sua visão de mundo e seus talentos diante de um entorno que você não tem medo de abalar. Entre os dias 10 e 24 de fevereiro, você arregaça as mangas e trabalha com energia para mudar as coisas. No entanto, tente não perturbar muito seus associados, pois você pode entrar em conflito com eles entre os dias 23 de março e 7 de abril se insistir a fazer apenas o que lhe dá na cabeça, ignorando seus conselhos ou diretrizes. No entanto, você progride entre os dias 19 de junho e 5 de julho, quando seus horizontes podem se expandir e permitir que você vislumbre o sucesso que está por vir. Você se mostrará combativo (até demais para sua hierarquia e seus rivais) entre os dias 5 e 20 de agosto, quando será bom colocar óleo nas engrenagens se você não quiser ofender as sensibilidades ao ser redor. Entre 21 de setembro e 6 de outubro, você faz planos animadores e consegue o apoio de seus amigos ou de seus contatos para lançar suas empreitadas. Pode ser que você dificuldade para conter sua impaciência e que deva lidar com um pequeno período de frustração entre os dias 7 e 23 de novembro, mas, a partir do dia 25 de novembro, prepare-se para receber Júpiter, que ficará em seu decanato até o final de janeiro. Um combustível considerável para impulsionar seu plano de carreira e de destacar? Aproveite este suporte para acelerar o movimento da mudança e inaugurar um novo ciclo de evolução.

Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro): Um trem a pegar... sem forçar as coisas!
Desde dezembro de 2016, você se beneficia de um apoio celeste, que permite que você mude as coisas, mas sem deixar de garantir sua segurança. Em 2017, você atravessará algumas zonas de turbulências, nas quais as dúvidas o atacarão e farão com que você compreenda que é preciso se destacar (começo de março, fim de setembro). No entanto, conte com um clima sólido e construtivo para construir as bases de uma nova atividade ou de um novo capítulo sem precisar correr riscos inúteis. Em janeiro, você não terá medo de expressar plenamente os seus talentos e de fazer aquilo que quiser. Você se desdobrará para cumprir as múltiplas tarefas e desafios que o mobilizarão entre 24 de fevereiro e 10 de março. Entre os dias 7 e 21 de abril, tome cuidado para não ir longe demais em suas interações com seus associados, que não estão dispostos a fazer suas vontades sem questionamento. Suavize suas palavras se quiser desarmar as hostilidades. Entre os dias 5 e 20 de julho, você começa a abrir suas asas e usará todas as suas forças para chegar a seus fins (entre 20 agosto e 5 de setembro). Destaque para seus novos projetos e para perspectivas de futuro inspiradoras entre os dias 6 e 22 de outubro. Tire um tempo para controlar seus nervos à flor da pele entre 23 de novembro e 9 de dezembro. Júpiter o visitará a partir do dia 21 de janeiro de 2018, aumentando sua energia e inaugurando um novo ciclo de expansão.

Meu conselho

Um ano que deve permitir que você saia das sombras e que identifique melhor aquilo que você realmente que. A partir do dia 10 de outubro, Júpiter impulsiona sua energia criativa e sua vontade de concluir um capítulo decisivo em direção ao sucesso e em adequação consigo mesmo!

Ao longo dos meses

Forma
Apesar de suas atividades lhe deixarem mais tempo livre, não é certo que você praticará uma atividade esportiva regularmente. Aquilo que o carregará serão momentos de solidão. Seu ambiente aceita isso, então permita-se sempre que sentir necessidade.

Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro): Protegido!
Nenhuma zona de turbulência à vista? Você deve atravessar o ano sem problemas e aproveitar esta bela imunidade para fazer uma reserva de forças e de entusiasmo tendo em vista o final do ano, quando Saturno o alcançará. O “grande mestre do zodíaco“ espera por você em 2018 e, a partir do dia 20 de dezembro de 2017, ele fará uma pressão moral que permitirá que você aprofunde sua apreensão do mundo e que adote um estilo de vida mais rigoroso. Seja prudente entre os dias 10 e 23 de março, quando você não estará protegido contra um vírus, e entre 22 de outubro e 7 de novembro, quando será bom tirar um tempo para se recarregar e para se afastar dos acontecimentos. Tudo isso para abordar a virada que Júpiter lhe oferece em grande estilo. Entre 10 de outubro e 25 de novembro, você terá a oportunidade de concluir um capítulo e de soltar faíscas!

Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro): Bem melhor!
Em 2016, você sofreu com condições cósmicas lamentáveis, que o fragilizaram e o deprimiram? Se você não ceder demais a seus estados de espírito não muito construtivos e não alimentar rancores com seu entorno próximo em março (por volta do dia 30) e no começo de agosto, você poderá erguer sua cabeça em 2017. No final do ano (a partir do dia 25 de novembro), você se beneficiará do apoio de Júpiter, que desembarca em seu decanato e o deixa mais leve. Conte com um arco celeste harmonioso a partir de dezembro para ampliar e sublimar sua vida amorosa, impulsionar sua criatividade e recuperar sua moral, que volta com força.

Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro): Ouse sem excessos!
Desde dezembro de 2016, você surfa sobre vibrações dinâmicas que o levam a acelerar o movimento da mudança, a ousar se destacas e a tentar a sorte em todos os planos, se beneficiando da energia necessária para a realização de suas iniciativas inovadoras. Urano o convida a se lançar, mas ele também pode expô-lo a excessos de estresse, especialmente no começo de março e no final de setembro. Se você tiver decisões importantes a tomar, pese com cuidado os prós e os contras, mesmo que Saturno pareça querer lhe poupar dos riscos inúteis e apoiá-lo até o final do ano.

Meu conselho

Até o começo de outubro, Júpiter lhe protege do pior e também parece querer protegê-lo de si mesmo e de suas tendências nem sempre muito construtivas. A partir do dia 10 de outubro, o planeta gigante desliza para seu signo, impulsiona suas energias e, seja qual for seu estado de espírito, o privilegia.

As estrelas

Mês a mês

Janeiro
Um pouco de flexibilidade em seus humores e em suas atitudes permitirá que você atravesse o primeiro mês do ano em grande estilo e que aproveite os favores de Vênus, que exalta sua vida amorosa e seus sentidos.
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
Há amor e alegria no ar neste começo de ano, quando Vênus provoca seus sentidos e impulsiona sua libido. O delicioso planeta favorece sua vida amorosa e os encontros. Aposte em seu charme nos dias 1º e 3 (entre outros) para seduzir quem você quiser ou reacender a chama, mas também para iniciar um diálogo criativo com seu entorno. A partir do dia 19, você se mobiliza plenamente para administrar as situações e suavizar os ângulos em família e também para cuidar de seu clã com uma boa vontade que confortará as pessoas próximas. A lua nova do dia 28 confirma esta tendência e ilumina favoravelmente sua vida íntima, dando-lhe a vontade de melhorar suas condições de vida e aquelas dos outros.
Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro):
O amor parece estar presente neste começo de ano exaltado e passional. Você não fará as coisas pela metade no dia 11 e terá tendência a idealizar o outro e o relacionamento no dia 12. A partir do dia 12, Vênus se encarrega de impulsionar seu magnetismo e seus apetites sensuais, e deve permitir que você viva algumas sensações fortes, sucumbindo à vertigem do amor e ao apelo dos sentidos por volta do dia 20. Nada do que você fizer, viver ou sentir em janeiro será neutro, mas sim denso, intenso e saboroso.
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
Em janeiro, tome cuidado para não passar dos limites, correndo o risco de ter que pagar no plano da saúde ou em um cotidiano difícil de administrar (dia 10), que pode colocar seus nervos em ebulição e o levar a agir contrariamente a seus interesses. Tente controlar suas palavras e seus gestos, mas também suas propostas se quiser evitar chateações e mal-entendidos nos dias 12, 19 e 27, quando, se você insistir em suas posições, você pode chegar a um beco sem saída. Até o dia 19, privilegie o diálogo e suavize suas palavras enquanto espera por Vênus, que, a partir do dia 23, o reconecta a uma vida mais fácil de viver e à felicidade de amar.

Fevereiro
Seu objetivo principal em fevereiro? Ser ouvido e compreendido pelas pessoas próximas e administrar as situações de acordo com seu ideal. Você pode fazer isso se conseguir distribuir as cartas sem impor qualquer coisa que seja a quem quer que seja!
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
Você dobra seu cuidado e sua boa vontade para satisfazer os desejos das pessoas próximas e melhoras as condições de vida do seu entorno. Você conseguirá fazer isso por volta do dia 10, quando suas propostas agradarão e permitirão que a harmonia reine. A partir do dia 18, o Sol coloca o amor no programa e ilumina seus laços afetivos, seja com seu parceiro ou com seus filhos. Se você estiver solteiro, abra os olhos. A lua nova do dia 26 lhe oferece, durante um mês, a oportunidade de fazer conquistas e de brilhar, seja qual for sua situação atual.
Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro):
Você aspira a servir as pessoas que ama em fevereiro? Até o dia 9, o Sol o ajuda a identificar as necessidades do entorno, e Vênus o apoia para que você chegue a seus fins e encante o cotidiano com uma boa vontade à prova de tudo... ou quase! O delicioso planeta, por volta do dia 22, não impedirá que você se exalte caso seja contrariado ou tenha que conversar sobre suas vontades (suas ordens). Para evitar as derrapagens descontroladas, tente se explicar ao entorno antes de ficar nervoso e de perder o controle.
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
Você não estará muito delicado no começo do mês, quando a comunicação pode ser um pouco... eruptiva (dias 1º e 2). Felizmente, você fará uso de sua imaginação e abrirá novas portas no dia 9. No dia 11, você se conectará a sua intuição para fazer com que os debates evoluam e garantir sua segurança nos dias 14 e 23. Você não terá dificuldade para marcar pontos no dia 21, quando seu espírito de equipe e seu desejo de fortalecer seus laços serão celebrados. No entanto, no final do mês (dia 27), tome cuidado para não ficar nervoso por qualquer coisa. Você está no limite? Isso não é motivo para semear a confusão entre as pessoas. Caso contrário, é por sua conta e risco.

Março
Riscos de choques ou de incompreensões a temer em março, mas só se você desencadear tempestades sem fornecer guarda-chuvas e sem usar diplomacia para obter apoio.
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
Entre os dias 10 e 23 de março, Marte lhe dota de uma combatividade extraordinária. Você deseja obter o aval de seus parceiros (privado e social) para lançar suas empreitadas, mas é recomendado que você equilibre seu discurso se não quiser ofender as sensibilidades alheias. Felizmente, você dispõe de grande capacidade para seduzir e demonstrará uma boa vontade que marcará pontos (dias 18, 25) e que permitirá que você agrade todos (ou quase) nos negócios e no amor. A lua nova do dia 28 confirma esta tendência e o leva a arregaçar as mangas para fazer o que precisa ser feito.
Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro):
Você está inspirado e em adequação com a realidade no começo do mês (dias 2 e 4), quando você conseguirá expressar seus talentos e seus sentimentos. A comunicação com o parceiro ou com seus filhos, assim como possíveis encontros sentimentais, o satisfazem nos dias 7, 8 e 9. Aproveite uma primeira quinzena muito agradável para demonstrar afeto e energia, além de se preparar para abordar um final de mês menos alegre. Você encontrará obstáculos difíceis de identificar no cotidiano (seja em casa ou no trabalho). Relações de poder mais ou menos dissimuladas o opõem às pessoas próximas ou a um entorno que não apreciará suas maneiras, mas que nem sempre fará com que você saiba disso. Isso pode resultar, por volta do dia 30, em mal-entendidos e rancores acumulados.
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
Entre seu desejo de se libertar de tarefas estressantes, de fazer apenas o que lhe der na cabeça e pressões ou hesitações que o desestabilizam, você deve tomar uma posição e algumas decisões no começo do mês, quando as situações pelas quais você passará não serão nada confortáveis. Você trabalhará com cuidado e constância no dia 5 para garantir sua segurança, mas terá dificuldade para se explicar para as pessoas que você ama, que podem colocá-lo contra a parede, pedir satisfações e exigir que você justifique suas decisões (dias 12 e 17). Esta pressão relativa não o impedirá de surpreender e de brincar um pouco com as mentes alheias (dia 26), tentando confortar o seu entorno, com sucesso no dia 29!

Abril
Tente se distanciar de suas emoções, que não serão boas conselheiras em abril, quando você não poderá baixar a guarda e deverá manter a calma ao invés de se exaltar.
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
As discussões tomarão conta do mês até o dia 20, quando os debates serão construtivos, mas tenderão a se eternizar a partir do dia 9. Os resultados só começarão a aparecer a partir da metade de maio. Se você tiver que tomar decisões para equilibrar o cotidiano e administrar melhor as situações, não precipite o movimento e não hesite em tocar nos assuntos sensíveis para fazer as escolhas certas com conhecimento de causa. A lua nova do dia 26 o convida a dar um passo na direção do outro e o Sol confirma essa tendência a partir do dia 19, quando não será aconselhado que você isole e quando você deverá consultar os outros antes de agir.
Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro):
Até o dia 9, você arregaça as mangas e não hesita em se desdobrar para cumprir todas as tarefas que lhe foram confiadas. Você também não hesitará em demonstrar autoridade para orientar os debates no começo do mês (dia 6), quando seu poder de convicção pode fazer com que a balança penda para o seu lado. Mas, nos dias 7 e 9, seria bom abaixar seu tom se não quiser prejudicar a atmosfera de casa (ou do trabalho) com suas propostas que não agradarão a todos. Tente esclarecer suas intenções antes de ficar nervoso e forçar as coisas. Caso contrário, é por sua conta e risco.
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
Você tem dificuldade para expressar seus sentimentos ou seus talentos e deve lidar com a frustração por volta do dia 8, quando seu coração estará morno e seus bolsos poderão estar vazios! Você se recuperará rapidamente ao propor soluções inéditas e ideias inovadoras para retomar os negócios ou sair de um impasse no dia 14. Missão cumprida a partir do dia 17, quando sua vida amorosa segue seu curso e quando você consegue confortar seu entorno com suas boas intenções em relação a ele. No entanto, tome cuidado para não cais em um beco sem saída novamente no dia 21, quando vai chover críticas em relação a você. Pode ser que critiquem sua maneira de administrar suas emoções ou seu orçamento. Felizmente, no final do mês, você conseguirá se retirar desse jogo e tirar sua cabeça da água.

Maio
Em maio, você terá vontade de fazer as coisas que lhe agradam? É possível, se você apostar no diálogo e no consenso para fazer com que as coisas mudem na direção certa, a sua.
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
Você faz uso de sua boa vontade para influenciar seu entorno e consegue concluir os debates que se arrastam desde o mês passado a partir do dia 16, quando a comunicação é retomada e as interações são construtivas. A partir do dia 20, você procurar tirar o melhor de suas associações (sejam elas amorosas ou profissionais) e poderá impulsionar suas finanças. A lua nova do dia 25 o encoraja e favorece suas iniciativas. Durante um mês, você terá o desejo de defender seus interesses e de fazer com que suas relações evoluam, sejam quais forem!
Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro):
As coisas vão bem entre você e o outro no dia 4. Você se comunica com profundidade e poderá abordar os assuntos sensíveis no dia 9. Tome cuidado para não incitar conflitos inúteis e evitáveis no dia 11, mas também no dia 25 ao provocar as pessoas que você ama. Se você tentar testar sua paciência, sua resistência e sua tolerância, você corre o risco de perder essa batalha. Isso seria uma pena e um pouco perigoso... especialmente para você. No final do mês, você se reconecta a um diálogo mais inspirado e mais construtivo (dias 28 e 31), fechando este mês no caminho certo, aquele que permite que você reencontre uma cumplicidade necessária.
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
No dia 3, você reencontra uma margem de manobra que estava faltando e, no dia 10, não hesita em expressar uma originalidade e em exigir uma independência da qual você precisa para se desenvolver. Neste mês (e desde dezembro de 2016), conte com um clima favorável para fazer com que sua situação evolua na direção certa e para identificar os problemas sem deixar de garantir sua segurança. Não se mostre muito exigente no final do mês (dia 29), quando, se você pedir muito, você pode não receber nada. Prefira mostrar suas habilidades e marcar pontos ao se destacar de maneira construtiva para todos ao invés de reivindicar direitos que você não tem.

Junho
Neste mês, você dispõe de muitos recursos para obter sucessos bem merecidos, desde que você evite abusar inutilmente de seus poderes e se deixe levar por seu charme e por seus talentos, que devem conseguir muito apoio.
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
Destaque para o diálogo e para a cumplicidade entre os dias 6 e 16 de junho, quando Vênus o convida a se unir, a se comprometer ou a fortalecer os laços com seu parceiro. Você terá vontade de fazer com que seu relacionamento evolua ou de encontrar a pessoa certa e não medirá esforços para alcançar seus objetivos (dia 9). A partir do dia 21, o Sol o leva a expandir seus horizontes, a superar seus limites em todos os planos. A lua nova do dia 24 confirma esta tendência, e você não pensará duas vezes antes de seguir em frente e de correr riscos que lhe renderão frutos.
Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro):
Você procura fazer com que seus laços evoluam, sejam eles sociais ou afetivos, mas também impulsionar sua renda até o dia 10. Aposte nos dias 3 e 13 para aperfeiçoar suas estratégias, mas não corra nenhum risco no plano afetivo nos dias 4 e 14, quando suas tentativas de manipulação o exporiam a inconvenientes. Conte com Vênus a partir do dia 16 para fazer conquistas ou simplesmente se mostrar disponível para ouvir o outro, que apreciará. Até o dia 25, Vênus aumenta seu poder de sedução (especialmente, nos dias 20 e 24), e seu magnetismo tórrido deve causar efeito em seu parceiro nos dias 26 e 28. Nestes mesmos dias, evite brincar com a lei, correndo o risco de ter que pagar o preço por isso.
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
Sua boa vontade lhe renderá favores de seu entorno (privado ou profissional) no começo do mês, quando você saberá como surpreender ao propor soluções inéditas para os problemas relatados. No dia 15, evite passar dos limites ao exigir demais (de seus gerentes?). Seus pedidos seriam mal recebidos e você poderia receber respostas frustrantes. Aposte em sua habilidade para negociar e em seu senso de estratégia e não em sua autoridade para orientar os acontecimentos de forma favorável nos dias 18 e 20.

Julho
Um desejo ardente de ser eficiente, de se superar e de subir alguns degraus? É possível, desde que você vista luvas de veludo ao invés de balançar o chicote e impor suas vontades.
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
Uma ousadia e um magnetismo de tirar o fôlego? Estes são dois ingredientes que devem ajudá-lo consideravelmente a se destacar no começo do mês, quando você não terá nenhuma dificuldade para chamar a atenção (dia 7). Até o dia 14, um Vênus magnético permite que você envolva quem quiser no plano privado ou profissional e também pode lhe render algumas entradas financeiras bem vindas. A partir do dia 22, você estará bem decidido a defender suas causas e a subir os degraus? A lua nova do dia 23 o encoraja, e você não hesitará em afirmar suas ambições no final do mês (dia 27), quando ninguém resistirá a seus argumentos afiados.
Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro):
No começo do mês, evite impor sua autoridade a quem quer que seja e desafiar as leis ou seus superiores (dia 6). Neste dia, prefira apostar em sua intuição, em seu charme e em seus talentos para se destacar. Se você afirmar muito abertamente as suas ambições no dia 10, você pode desencadear batalhas e despertar uma adversidade que não traria nenhuma surpresa boa. Espere os dias 14 e 18 para defender sua causa com habilidade e fazer uso de seu poder de sedução, que deve causar efeito em todo mundo e permitir que você transforme as situações de forma favorável, tanto no plano privado quanto no plano profissional.
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
Interferências na comunicação no dia 5 se você não frear suas ambições e correr riscos inconsiderados. Sua ousadia pode lhe pregar peças e causar prejuízo. Especialmente por volta dos dias 18 e 21, quando, apesar de um clima favorável a sua evolução, você não estará protegido contra chateações e desavenças ou mesmo conflitos com sua hierarquia! Suas esperanças podem ser frustradas e suas exigências podem ser recusadas no dia 24, quando você será exposto a decepções provisórias. Felizmente, neste mesmo dia, você compreenderá que é melhor pedir em vez de impor e que é melhor seduzir em vez de obrigar. Até o final do mês, você deve passar para a execução de seus projetos e, assim, você conclui julho melhor que começou.

Agosto
Ambições e a possibilidade de realizá-las se você não passar dos limites e se não brincar demais com os nervos e com a paciência de seus interlocutores.
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
Até o dia 9, Vênus lhe dá asas e a vontade de escapar com o parceiro e você fará de tudo para evoluir a união na direção certa ou para encontrar sua alma gêmea, com todas as chances de ter sucesso. Não se contente com pouco nem no amor, nem nos negócios. No começo do mês, Marte lhe garante uma combatividade suficiente para convencer seu entorno, que terá interesse em contar com você. A partir do dia 22, o destaque é para os grandes projetos, os quais você começará a concretizar com o apoio dos amigos que têm consciência de seu valor ou de uma clientela interessada em suas ideias e propostas (dia 26).
Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro):
Evite excessos de zelo e outras derrapagens no plano dos direitos e das leis no dia 4, quando, se você trapacear, você será repreendido e punido. Você dispõe de recursos suficientes e apoios ativos para alcançar o sucesso e convencer sem precisar correr riscos inúteis. Aposte em seu poder de sedução irresistível no dia 12 para conseguir apoio e envolver quem você quiser. Em compensação, se você abusar de seus poderes para forças as coisas e contornar as leis nos dias 15 e 17, você pode se arrepender amargamente. Prefira se impor pela potência de seu desempenho e por uma autoridade incontestável, que permitirá que você se destaque sem questionamentos.
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
Até o dia 22, você se mobiliza plenamente para evoluir seu status, impulsionar seu plano de carreira e solidificar seus avanços recentes com sucesso. Você se distinguirá por sua originalidade e por seus métodos inovadores no dia 21, quando você exigirá mais autonomia na gestão de suas atividades. A lua nova do dia 21 confirma esta tendência e o encoraja a trabalhar para defender seus interesses e preservar sua liberdade. Você marcará pontos no dia 22, mas, no dia 24, deve evitar abusar de seu poder de sedução, o que seria mal recebido por seus associados, que não aprovariam sua atitude por julgá-la muito marginal ou pessoal. O final do mês se anuncia favorável as suas empreitadas e pode recompensar seus esforços anteriores (dia 27).

Setembro
Você faz muito planos e não mede suas forças para realizá-los em setembro, mas deve baixar seu tom se quiser ser ouvido... e compreendido.
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
Você usa uma bela energia para dar ímpeto a seus projetos, conseguir apoio e mobilizar suas tropas. Você enfrenta um mês carregado com uma eficiência incontestável (dia 16) e a vontade afirmada de seguir em frente, de sair das sombras e iniciar (no próximo mês) um novo ciclo de evolução. A partir do dia 22, tire um tempo para relaxar um pouco, se recarregar e tirar lições do ano que passou a fim de abordar um mês de outubro em plena consciência de seus recursos.
Segundo decanato (4 de novembro – 13 de novembro):
Muitos projetos e sonhos na cabeça, mas você não estará com os pés no chão neste mês, quando você dobrará de cuidado para orientar seus projetos ousados e terá a arte de convencer as pessoas, mas, nos dias 20 e 24, eles não agradarão a todos e você pode ser colocado contra a parede para que sua eficiência e sua lucidez sejam testadas. Tente canalizar sua rica imaginação para orientar os acontecimentos e, principalmente, os debates na direção certa, a sua. Não sem fazer algumas concessões e aceitar (pelo menos um pouco) lidar com uma realidade que o obrigará a aterrissar, mas também a construir.
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
Você não se deixa enganar e tenta, com sucesso, impor seus pontos de vista e sua vontade a um entorno que não terá outra escolha a não ser obedecê-lo. Você surfará em sua bela autoridade para garantir sua segurança e negociar seus benefícios, jogando seu charme irresistível no dia 13. No entanto, no dia 14, evite exigir demais e prefira trabalhar com tranquilidade para chegar a seus fins. Você seduzirá através de sua originalidade e desfrutará de certa popularidade para pedir mais liberdade e autonomia na gestão de sua atividade e de seu tempo. No final do mês (dia 28), pode ser que você tenha que tomar uma decisão difícil ou sensível, que o fragilizará e o desestabilizará um pouco, mas que será necessária para orientar seu futuro na direção certa.

Outubro
Uma primavera que começa com tudo. Vontades loucas, mas também freios, bloqueios e uma margem de manobra reduzida que o impedem de fazer aquilo que lhe agrada. Não se lance nas aventuras de corpo e alma e, principalmente, sem ter refletido sobre as possíveis consequências de seus atos.
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
A grande novidade do mês? Júpiter chega a seu decanato a partir do dia 10 e inaugura um novo capítulo de sua vida. Sua presença em seu signo pode desencadear conscientizações importantes e a vontade de atualizar e concretizar um desejo de renovação que você tem há algum tempo. Até o dia 25 de novembro, abra os olhos e o coração, esteja pronto para emergir e para captar as informações que passam por você e que podem determinar uma orientação que se estenderá pelos próximos doze anos. Esteja particularmente disposto a ouvir o mundo ao seu redor por volta dos dias 18 e 26, quando o generoso planeta pode lhe dar alguns presentes. A partir do dia 23, o Sol também desliza em seu signo e acentua sua capacidade de se apoiar no exterior, mas sem se desconectar de você mesmo.
Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro):
Até o dia 6, o planeta Marte lhe dá vontade de tudo e lhe oferece um entusiasmo comunicativo que pode ajudá-lo a conseguir apoio para seus projetos ousados (dia 1º). Você anseia por concretizar um sonho e, no plano afetivo, compartilhar um ideal (dias 3 e 5) e fará uso de todos os seus recursos para conseguir fazer isso. No entanto, evite agir sem refletir e se lançar em aventuras arriscadas antes de tirar o tempo e tomar a distância necessária para avaliar suas chances de sucesso. Privilegie o diálogo com seu parceiro e com as pessoas próximas, e não tente impor suas ideias se não quiser criar mal-entendidos ou possíveis conflitos por volta dos dias 9, 10 e 25.
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
Você aspira a amar e a convencer o outro a segui-lo em suas aventuras e em seus projetos, mas pode dar de cara contra uma falta de recursos que o contrariará e o frustrará por volta dos dias 8 e 22, quando você pode ter a impressão de que suas asas foram cortadas. Não tente resistir, não seja teimoso e tire um tempo para refletir: isso não vai ser gostoso, mas vai ser necessário para que você possa controlar a situação. Até o dia 22, o Sol recomenta que você se distancie dos acontecimentos. Um tempo necessário para refletir sobre o passado, tirar lições dele e se preparar para emergir e agir com conhecimento de causa a serviço de seus interesses e dos interesses de todo mundo.

Novembro
Muitos recursos em novembro para orientar sua vida na direção certa (aquela que lhe é tentadora). Aproveite este céu de primavera benevolente para seguir em frente e se abrir para novas e animadoras perspectivas.
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
Júpiter lhe abre perspectivas entre os dias 7 e 15, e Vênus, presente em seu signo, multiplica seu magnetismo, sua libido e sua vontade de amar e ser amado. Você saberá como usar seu charme irresistível para fazer conquistas, reacender a chama ou tocar o coração da pessoa que lhe agrada. Especialmente por volta do dia 13, quando o encontro de Vênus e Júpiter pode favorecer os encontros, os ímpetos do coração e permitir que você solte faíscas.
Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro):
O Sol ilumina seu signo até o dia 12, e Vênus amplia sua aura e lhe dota de um charme devastador entre os dias 15 e 23. Você se beneficia de sérios e deliciosos recursos para dar um show e impressionar o mundo que o rodeia. Aproveite para amar, seduzir e convencer quem se mostrar sensível a seus argumentos a segui-lo (dias 3, 9, 16). Você ansiará em declarar abertamente sua paixão, mas tome cuidado para não abusar de seus poderes por volta do dia 19, quando sua insistência ou suas tentativas de manipulação podem desagradar. É com delicadeza que você deve passar suas mensagens (mesmo as mais ardentes) se quiser tirar vantagem delas (dia 21).
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
Sua vida amorosa permite que você permaneça ancorado à realidade apesar dos estados de espírito que podem afastá-lo dela no dia 3. Tome cuidado para não ignorar as exigências do cotidiano se você não quiser que ele lhe pregue peças no dia 4. No entanto, você continua a evoluir em um mundo protegido, no qual você tem a possibilidade de mudar as coisas em todas as frentes (afetiva, familiar, profissional) sem correr o risco de perder muitas penas. A lua nova do dia 18 o convida, por um mês, a começar um novo ciclo de evolução. No final do mês (dia 25), você desfruta de um apoio discreto, mas eficiente para seguir em frente e negociar alguns benefícios que podem ajudá-lo a melhorar seu cotidiano.

Dezembro
Um final de ano que o alegra e permite que você conclua o ciclo de 2017 em grande estilo! Você terá vontade, com razão, de surfar nestas instâncias celestes, que aguçarão seu apetite e lhe oferecerão os recursos... para satisfazê-lo!
Primeiro decanato (24 de outubro - 3 de novembro):
Marte lhe dotará de uma bela energia combativa entre os dias 9 e 25 de dezembro. Você terá vontade e pressa de concretizar seus desejos e de se lançar em novos desafios em todos os planos da vida. No entanto, no dia 20, você deverá lidar com Saturno, que se posiciona no domínio de seu mapa astral dedicado ao raciocínio, à abordagem concreta do mundo, da realidade e da comunicação. Até o final de 2018, você deverá revisar seus pontos de vista, seus métodos e sua maneira de se dirigir a seu entorno. Não é mais questão de abordar superficialmente os assuntos importantes, mas sim de avaliá-los a fim de reformar sua visão de mundo, de assumir suas responsabilidades em suas interações. Com Saturno como mestre, nós nos divertimos menos, mas compreendemos e apreendemos muito mais, conseguindo controlar melhor aquilo que dizemos e que fazemos.
Segundo decanato (4 de novembro - 13 de novembro):
Você fecha o mês e o ano protegido por um arco celeste harmonioso, que, desde o começo de dezembro, o deixa mais leve. Desde 25 de novembro, Júpiter está em seu decanato e participa ativamente. Você brilha e seduz a todos e terá a chance de encontrar sua alma gêmea (se ainda não tiver encontrado) e de se reconectar a uma cumplicidade amorosa e sensual que o satisfará. A partir do Natal, Marte entra na dança e acentua esta exaltante tendência. Especialmente no dia 28, quando você fará de tudo para decolar em direção às nuvens ou para convencer a pessoa que lhe agrada a segui-lo em seus sonhos e seus desejos. Feliz ano novo!
Terceiro decanato (14 de novembro - 22 de novembro):
No começo do mês, evite se agitar demais e tire um tempo para relaxar se não quiser ficar com os nervos à flor da pele. Você recuperará as forças e aproveitará para exigir aquilo que lhe é devido com sucesso no dia 6, quando você saberá defender sua causa com discrição, mas com eficiência. Aposte em sua originalidade e em sua ousadia para negociar alguns benefícios materiais, mas também de autonomia, liberdade e margem de manobra no cotidiano nos dias 10, 16 e 20, quando você conseguirá chegar a seus fins sem sofrer muita resistência. Tudo isso enquanto espera a visita de Júpiter, que, a partir do final de janeiro, lhe promete o melhor!


Meus horóscopos
Artigos astrológicos
Novidades astrológicas

Acesso rápido ao conteúdo

Horóscopo
Horóscopo 2019
Previsões astrais
Horóscopo Diário
Mensal
Sazonal
Horóscopo Chinês 2019
Notícias das estrelas
Cálculo de ascendente
Tarô
Tiragem tarô
Tarô de Marselha
Tarô da Mlle Lenormand
Os Oráculos
Amor
Compatibilidade Amorosa
Compatibilidade entre signos
Compatibilidade entre nomes
Diário
Mensal
Anual
Cor do dia
Signos Astrológicos
Signos do Zodíaco
Elementos do zodíaco
Psicologia Astral
Signos Chineses
Elementos Chineses
Astrologia Infantil
Astrologia
Atualidade Astrológica
Arquivo Astrológico
Astrologia Mundial
Astrologia no Mundo
Planetas e Astros
Trânsitos Astrológicos
Numerologia
Cotidiano
Personalidade Numerológica
Numerologia 2019
Numerologia Amorosa
Quem somos nós?
Nosso astrólogoa
Continue conectado
Avisos legais
Dados pessoais
Regulamentação RGPD
Nossos aplicativos
Siga-nos
© Direito autoral 2006-2019 - Meu Horóscopo do Dia - Todos os Direitos Reservados
 Mecanismo de busca:
Artigos do dia

Qual é meu signo astrológico chinês?
Você é rato, boi, tigre, coelho, dragão, serpente, cavalo, cabra, macaco, galo, cão ou [...]



O elemento chinês: Terra
Sinônimo de seriedade e organização, a Terra é um elemento que também lhe dá uma grande [...]



Modo Fixo na Astrologia
Os signos fixos são os signos do meio da estação. Confira toda a simbologia deste modo na [...]


Outras línguas:
Mio Oroscopo del Giorno  Mein Horoskop jeden tag  Mi Horóscopo del Día  Meu Horóscopo do Dia

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site

Novo
2019