Meu Horóscopo do Dia Previsões astrais personalizadas e gratuitas para um dia específico
Horoscopo anual 2017 do signo de Áries Horoscopo anual 2017 do signo de Touro Horoscopo anual 2017 do signo de Gêmeos Horoscopo anual 2017 do signo de Câncer Horoscopo anual 2017 do signo de Leão Horoscopo anual 2017 do signo de Virgem Horoscopo anual 2017 do signo de Libra Horoscopo anual 2017 do signo de Escorpião Horoscopo anual 2017 do signo de Sagitário Horoscopo anual 2017 do signo de Capricórnio Horoscopo anual 2017 do signo de Aquário Horoscopo anual 2017 do signo de Peixes Compatibilidade amorosa grátis
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Amor

» » » Hoje, Santa Cecília
Sagitário

Sagitário : Seu horóscopo anual 2017

  Escrito por Isabelle Fortes

Durante todo o ano, você terá que lidar com Saturno, que lhe dará uma nova maturidade a fim de que seus projetos se realizem e sejam duradouros. Júpiter gera ondas de sorte que farão com que você faça a coisa certa. Você encontrará os apoios necessários no momento certo. Desconfie de Netuno, que às vezes perturba seu julgamento. Recue antes de avançar.

Amor
Seus sentimentos serão refinados. Você está em busca de uma amorosa que saiba apoiá-lo sem dominar sua existência. Neste ano, ainda não está certo se você estará decidido a aceitar o compromisso. Saturno ainda faz com que tenha más lembranças que não foram totalmente dissipadas. Isso acontecerá ao longo do tempo, então tire um pouco para você.

Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro): Nenhuma nuvem em seu céu!
Em 2017, você se beneficia de um céu relativamente limpo, que permitirá que você avance sem muitos obstáculos no caminho. Você compreendeu muitas coisas sobre a vida e procura orientar a sua na direção certa, aquela que respeitará sua identidade, reforçada por testes anteriores, e sua necessidade de evoluir no amor e na expressão de seus potenciais. Você deve atravessar um ano cheio de vitalidade e de oportunidades de traçar seu caminho de forma diferente, mas não siga em frente (em 2018) sem ter pesado os prós e os contras.

Em casal, você estará preocupado em garantir a segurança do lar ou em harmonizar seus laços familiares em janeiro (entre os dias 3 e 12). Em fevereiro (entre os dias 3 e 19), seu coração bate mais forte e você inicia um período no qual procurará identificar e canalizar seus ímpetos. Você se questiona sobre a profundidade de seus laços e falará sobre este assunto importante para poder reacender a chama, dar um novo fôlego a sua união ou uma nova chance a um relacionamento fragilizado, mas consciente disso. Você estará mais seguro de si e de seus sentimentos no final de abril e até a metade de maio, quando poderá viver momentos fortes com o parceiro e com seus filhos (se você tiver algum). Você se aproximará ainda mais do outro entre os dias 5 e 14 de julho, e explorará uma sensualidade nada reprimida entre os dias 3 e 9 de agosto. Vênus o inspira e lhe dá vontade de decolar entre 26 de agosto e 3 de setembro, quando seu objetivo principal será a evolução do relacionamento. Projetos animadores o mobilizarão em outubro, mas Júpiter, que se posiciona em seu signo a partir do dia 10, o convida a ter paciência e a amadurecer seus planos antes de começar (em 2018) um novo capítulo de sua vida. Você fechará o ano em plena efervescência, impulsionado por um Vênus magnético que (entre os dias 1º e 9 de dezembro) exalta seu poder de sedução e faz com que você seja o centro das atenções.

Se solteiro, neste ano, você pode trocar olhares com uma pessoa que não o deixará indiferente. Se você estiver em busca da alma gêmea, o primeiro semestre de 2017 lhe oferecerá inúmeras oportunidades de fazer conquistas (entre os dias 3 e 19 de fevereiro e entre 28 de abril e 14 de maio). Você terá o desejo de tecer um laço que respeite suas necessidades de autenticidade e de autonomia, e refletirá sobre a melhor maneira de viver junto sem que sua identidade sofra com isso. Um pouco desconfiado por conta de experiências sensíveis do passado, você procurará fazer escolhas seguras e se exaltar sem ficar intimidado. Se sua história conseguir passar pelos filtros que você impôs a ela, você pode se comprometer seriamente a partir de julho (entre os dias 5 e 14), quando Vênus o convida a se aproximar do outro e a tecer um laço duradouro (ou a fazer encontros se ainda não tiver encontrado a pessoa certa). Você será impulsionado por uma libido em transe entre 31 de julho e 9 de agosto, quando será difícil resistir a seu sex-appeal envolvente. Entre 26 de agosto 3 de setembro, você fará de tudo para encontrar ou manter um parceiro à altura de suas esperanças. Você pode contar com seus amigos para distraí-lo entre os dias 14 e 22 de outubro. Eles serão bons conselheiros, e você não hesitará em consultá-los antes de se lançar na aventura com alguém. A partir do dia 10 de outubro (e até 25 de novembro), Júpiter o convida a refletir duas vezes antes de agir. Você deve fechar este ano dinâmico seguro de seu charme irresistível, que permitirá que você envolva o parceiro ou chame a atenção de alguém entre os dias 1º e 9 de dezembro.

Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro): Céu limpo!
Em 2016, você atravessou zonas de turbulência e lidou com conflitos ou distanciamentos familiares que pesaram sobre sua moral. Você duvidava de si mesmo e do futuro. Em 2017, seus desejos ainda encontrarão barreiras e freios sobre os quais você nem sempre terá o controle (fim de março, começo de agosto). No entanto, você se beneficia (entre 24 de março e 20 de agosto e, principalmente, a partir do começo de junho) de muitas oportunidades para abrir o futuro de acordo com seu ideal... Você deve ter paciência e esperar (até 2018) para poder dirigir seus projetos da melhor forma possível!

Em casal, 2016 escureceu seus horizontes e o levou a duvidar de sua união, de você, de tudo. Você retoma o controle das operações em 2017, quando seus objetivos podem ganhar forma, mesmo que você precise esperar um pouco antes de realizá-los plenamente. Você começa o ano mobilizado pela gestão das situações e com o desejo de apaziguar os espíritos em família, de levar harmonia ao clã. Você vibrará a partir do dia 19 de fevereiro, mas pode ter seus ímpetos freados no começo de março. Você deveria refletir sobre o passado para compreender aquilo que você quer e aquilo que você não quer. Você estará mais disposto a afirmar suas necessidades afetivas e a fazer de tudo para satisfazê-las entre os dias 14 e 26 de maio. Em julho, você não hesitará em dar um passo na direção do outro para reacender a chama (entre os dias 14 e 22 de julho). O prazer dos sentidos parece se convidar para o programa de inverno. Especialmente, entre os dias 9 e 17 de agosto, quando seus desejos serão ordens. Você aspira a evoluir seu relacionamento e a expandir seus horizontes entre os dias 3 e 11 de setembro e, entre os dias 22 e 30 de outubro, você fará muitos planos. Mesmo que Júpiter recomende que você se afaste dos acontecimentos e que tire um tempo para refletir a partir do dia 25 de novembro, você fechará o ano em grande estilo e bem decidido a exercer seu charme magnético sobre o parceiro entre os dias 9 e 17 de dezembro!

Se solteiro, problemas familiares acabaram com sua moral em 2016? Em 2017, você retoma aos poucos o controle de seu destino e estará bem decidido a orientar sua vida na direção certa. Em janeiro, você dedica a maior parte de seu tempo ao equilíbrio das interações em família (entre os dias 12 e 23), mas, em seguida, é sua vida amorosa que o mobilizará. A partir do dia 19 de fevereiro, você poderá iniciar um relacionamento promissor ou se apaixonar por alguém que o inspira. No entanto, você deverá lidar com exigências ligadas às pessoas próximas, que tenderão a monopolizá-lo. Cabe a você saber sua posição e o que você realmente deseja privilegiar. Você se decidirá em maio, quando sua vida amorosa se impõe e quando você poderá se comprometer a partir do inverno, entre os dias 14 e 22 de julho, quando você poderá se lançar em aventuras promissoras. Entre os dias 3 e 11 de setembro, você procurará concluir um capítulo, enriquecer um laço e concretizar suas ambições amorosas. Destaque para os projetos animadores entre os dias 22 e 30 de outubro. A partir do dia 25 de novembro, Júpiter recomenda que você segure um pouco seus ímpetos. Seria hora de separar o essencial do supérfluo? Você concluirá este ano promissor cheio de sucessos ou bem decidido a fazer conquistas (se você ainda estiver solteiro), apostando em seu charme absolutamente irresistível entre os dias 9 e 17 de dezembro!

Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro): Faça no seu tempo!
Desde dezembro de 2016, você pode contar com transmissões cósmicas para seguir em frente, construir as bases de uma nova vida e tomar decisões ousadas sem abrir mão de garantir sua segurança. Não é mais questão de fazer concessões que o limitam, mas sim de se apoiar em suas experiências passadas para orientar sua vida amorosa de acordo com seu ideal. Você pode ficar dividido entre o desejo de concretizar grandes projetos e o desejo de permanecer livre (começo de março, final de setembro). Você apostará no tempo para solidificar suas escolhas e em 2018 para refletir e, decididamente, concluir um capítulo!

Em casal, desde dezembro de 2016, você surfa sobre instâncias celestes favoráveis a seu desenvolvimento. Você tem vontade de mudar as coisas, mas não a qualquer preço. É questão de ceder à loucura e ao desejo de orientar os debates (e sua vida amorosa) de acordo com seu ideal. Você deve conseguir conciliar sua sede de viver emoções fortes, de dar cor ao relacionamento e de apimentar suas interações com sua determinação para seguir suas exigências fundamentais e para respeitar sua autenticidade e suas necessidades pessoais. No começo do ano, você se mobilizará para harmonizar as interações em casa (entre 23 de janeiro e 3 de fevereiro), passando boa parte de seu tempo e gastando sua energia até o começo de junho para determinar e identificar as bases sobre as quais você deseja evoluir no plano afetivo. Você pode trabalhar para fortalecer seus laços entre os dias 22 e 31 de julho e dobrar de cuidado para que a união evolua entre os dias 9 e 20 de setembro. Destaque para os grandes projetos entre 30 de outubro e 7 de novembro. Você fará muitos planos, usando o tempo que for necessário, sob a tutela de Júpiter, que desacelera um pouco o movimento em 2018, para expor suas condições e iniciar (em 2019) um novo ciclo de expansão sem humores negativos.

Se solteiro, desde dezembro de 2016, você vislumbra a possibilidade de dar ímpeto a sua vida afetiva, tomando o cuidado de respeitar suas necessidades fundamentais. Não é mais questão de se lançar na aventura sem pensar sobre as consequências de seus atos. Em 2017, você desfrutará de um céu que o ajudará a expandir seus horizontes e a se libertar de referências e princípios do passado para reinventar a vida e o relacionamento de acordo com seu ideal. Conte com Vênus até o começo de junho para explorar todas as facetas e as possibilidades do relacionamento. Assim, você terá a possibilidade de testar (e reforçar) uma história recente ou de encontrar a pessoa certa. Você será tentado a se comprometer neste inverno, quando Vênus o convidará a dar um passo na direção do outro (entre os dias 22 e 31 de julho). Espere viver alguns momentos fortes e algumas interações sensuais entre os dias 17 e 26 de agosto. Você aspirará a evoluir uma paixão que tem sentido para você no mês de setembro. Se você ainda estiver sozinho, você não terá nenhuma vontade de se contentar com pouco e aumentará o nível de suas exigências. Você contará com seus amigos para se divertir entre 30 de outubro e 7 de novembro e, se já estiver comprometido, você fará planos com a pessoa em questão. No entanto, você não precipitará o movimento. Desde janeiro, Júpiter recomenda que você medite sobre suas experiências passadas para tomar suas decisões futuras com conhecimento de causa... em 2019. Em dezembro, entre os dias 17 e 25, você brilhará e, se ainda estiver sozinho, abra os olhos e, especialmente... seu coração!

Meu conselho:

Um ano no qual você se apoiará em sua maturidade, adquirida ao longo das provações e das lições tiradas de suas experiências passadas, para começar a construir as bases de uma vida que corresponderá melhor a seus critérios. Não é mais questão de amar o outro sem respeitar você mesmo. Em 2017, você avança a passos largos na direção de seus objetivos e se prepara, em meio a uma bela efervescência, para iniciar um novo ciclo de expansão e de evolução em 2018!


Vida social
A evolução de sua situação é apoiada por um círculo relacional influente que lhe dá bons contatos. Sua personalidade alegre inspira confiança e incita a lhe fazerem propostas. Para aceitá-las, você tem a energia de Urano, que lhe dá sua audácia para se lançar. Mesmo que às vezes você ache que é muito demorado, o sucesso está ao alcance de suas mãos.

Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro): Nenhum freio a temer... antes da primavera
Nada deve perturbar seu caminho em 2017. Você avança livremente e pode expressar seus talentos sem bloqueios. A partir do dia 10 de outubro, no entanto, você deverá aceitar se retirar um pouco do jogo ou, ao menos, se distanciar dos acontecimentos para avaliar a fiabilidade de seus projetos em longo prazo, determinar se o jogo vale a pena e preparar suas chances de emergir em grande estilo e em destaque em novembro de 2018. A partir do dia 20 de dezembro de 2017 e ao longo de todo o ano de 2018, você deverá lidar com Saturno, que pode restringir um pouco suas finanças, impondo algumas limitações materiais suplementares. O austero planeta pode exigir que você administre de perto as suas despesas ou que você exprima seus talentos de maneira mais racional. Não será mais questão de sonhar e de imaginar, mas sim de construir para o futuro. Entre 28 de janeiro e 10 de fevereiro, você saberá como fazer a diferença, se destacar e impor suas ideias e sua autoridade. Você trabalhará sem humores negativos entre os dias 10 e 23 de março e não hesitará, entre 21 de abril e 5 de maio, em pressionar seus associados para convencê-los a aderir a sua visão de mundo. Você afirmará claramente suas ambições entre 20 de julho e 5 de setembro, quando você fará de tudo para concretizá-las. Você iniciará setembro com tudo e será difícil frear seus ímpetos e seu apetite pelo poder. Destaque para os projetos entre 22 de outubro e 7 de novembro. A partir do dia 10 de outubro, você estará inspirado, mas Júpiter o convidará a mudar a execução de seus planos ou a refletir sobre o que você realmente deseja para o futuro. Você verá os resultados a partir do dia 8 de novembro de 2018, quando Júpiter o impulsionará... para frente.

Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro): Liberdade reencontrada!
Você se sentiu um pouco desconfortável em 2016? Circunstâncias externas (mas ligadas a seu entorno familiar e afetivo) restringiram um pouco sua margem de manobra. Em 2017, você ainda terá que defender seus projetos com unhas e dentes e lidar com uma falta de recursos (final de março, começo de agosto), mas você se beneficiará de correntes positivas, de apoios ativos e de uma imaginação em ebulição entre 24 de março e 20 de agosto, quando Júpiter lhe dá asas e favorece a realização de grandes projetos. A partir do dia 25 de novembro, você deve aceitar se distanciar um pouco de suas atividades e iniciativas para preparar de forma lenta, mas certeira os seus sucessos futuros, previstos para o final de dezembro de 2018. Aposte em sua criatividade e em sua força de ataque em fevereiro (entre os dias 10 e 24) para marcar pontos. Você não terá tempo para se afastar do trabalho entre 23 de março e 7 de abril, quando você defenderá obstinadamente suas causas e seus direitos. Entre os dias 5 e 20 de maio, você dobrará seu cuidado para conseguir o apoio de seus associados e para impor suas ideias. Neste inverno (entre os dias 5 e 20 de agosto), você desejará se superar, expandir as fronteiras do possível. Missão cumprida entre 21 de setembro e 6 de outubro, quando você colocará a mão na massa. Você transbordará de ideias e de entusiasmo na primavera (entre os dias 7 e 23 de novembro), mas, a partir do dia 25, deverá aceitar ter paciência e pisar no freio até dezembro de 2018, quando Júpiter permitirá que você retorne de forma distinta!

Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro): Protegido e encorajado pela conjuntura!
Desde dezembro de 2016, uma conjuntura astral benevolente permite que você siga em frente, que expresse plenamente seus talentos e sua criatividade, tirando proveito das estruturas e dos ensinamentos do passado. Em 2017, você terá a oportunidade de inovar, garantindo sua segurança. Você terá escolhas sensíveis a fazer (tanto no plano afetivo, quanto no plano profissional) no começo de março e no fim de setembro, mas você também se beneficiará, ao longo de todo o ano, de um clima propício para seu estabelecimento e seu desenvolvimento. Você não temerá valorizar suas ideias a forçar um pouco as coisas entre 24 de fevereiro e 10 de março. Você será muito ativo e ofensivo entre os dias 7 e 21 de abril, quando o trabalho não lhe dará medo. Aposte em uma autoridade indiscutível para ser ouvido e compreendido e para conseguir apoio para suas propostas entre 20 de maio e 4 de junho. Você procurará aumentar seus conhecimentos, suas competências e seus horizontes entre 20 de agosto e 5 de setembro, quando suas ambições enormes estarão no centro de suas preocupações. Nada, nem ninguém resistirá a você entre os dias 6 e 22 de outubro, quando você terá sede de poder. Destaque para os projetos no final do ano (entre 23 de novembro e 9 de dezembro). Você desejará abrir suas asas mesmo que tenha interesse em se distanciar um pouco de suas atividades no final de janeiro. Será um período para aperfeiçoar seus planos e estratégias e para refletir sobre aquilo que você deseja conquistar no futuro. Você verá os resultados em 2019, quando poderá começar um novo ciclo de expansão.

Meu conselho:

Um ano ativo e dinâmico, no qual você terá o interesse de se reconectar a uma criatividade, uma originalidade e uma força de ataque que devem fazer a diferença e lhe render alguns sucessos enquanto você espera pela primavera de 2018, quando você concluirá decididamente um capítulo e começará um novo ciclo de expansão.


Forma
Você ainda não está no topo de sua vitalidade, mas uma melhora verdadeira é sentida. Ao mesmo tempo, você vai ficar melhor. Um dinamismo reativo se instala em você. Se as ondas de fadiga ainda o afogarem, não hesite em se permitir uma folga. Passar bons momentos com seus amigos preferidos o recarregará.

Em 2016, você sofreu com uma conjuntura cósmica geral sombria que o tocou. Saturno pesou em seu céu e escureceu seus horizontes, principalmente em família. A partir de dezembro de 2016 e em 2018, a cobertura de nuvens se dissipa e você se beneficia dos ensinamentos do austero planeta e desfruta de correntes positivas para abrir as escotilhas, retomar o controle das coisas e de seu destino. Conte, ao longo de todo o ano, com um clima dinâmico, construtivo e tranquilizados para avançar sem abusar de sua resistência, para correr alguns riscos calculados e para adotar um estilo de vida que permitirá que você supere os desafios da vida, que podem desestabilizá-lo e fragilizá-lo por volta doas dias 3 de março, 30 de março, 4 de agosto e 28 de setembro.

Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro): Nada a relatar... ou quase
Até outubro, você não terá muito o que temer de um céu que se anuncia limpo. No entanto, fique atento a seus gastos de energia, que podem ser excessivos entre os dias 10 e 23 de março, o que pode fazer com que você falhe e provoque incidentes de percurso. A partir de 10 de outubro, Júpiter se posiciona em seu signo e o convida a tirar um tempo para relaxar. Então, não deixe de descansar e de fazer um check-up. Fique ciente de sua condição física, mas também organize uma rotina (dieta, esporte) que permita que você mantenha o controle e seu ritmo. No final do ano (entre o dia 9 de dezembro e o Natal), você não estará protegido contra um vírus ou uma baixa de energia que pode derrubá-lo se você não antecipá-la e continuar gastando seu combustível.

Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro): Você se recupera!
Você desabou em 2016? Sua moral em baixa favoreceu a somatização e minou sua energia? Em 2017, alguns desafios o obrigarão a se mobilizar e solicitarão um pouco de suas reservas no final de março e no começo de agosto, mas você se beneficiará de um alívio das pressões cósmicas que restringiam. Seja muito prudente entre 23 de março e 7 de abril, quando você terá tendência a se esforçar demais, por sua conta e risco. Prefira se distanciar de alguns acontecimentos irritantes ao invés de forçar as coisas e cair em um beco sem saída. A partir do dia 25 de novembro, Júpiter o convida a desacelerar, a cuidar de si mesmo e a tirar um tempo para se recarregar, preparando-se para emergir no final de 2018 em plena consciência de seus recursos e com distinção. A prudência é recomendada no final de 2017 (a partir do Natal e até 10 de janeiro de 2018), quando, se você brincar com fogo, você pode se queimar!

Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro): Proteções!
Você fechou 2016 impulsionado por uma corrente cósmica muito tranquila, mas também positiva! Ao longo de todo o ano de 2017 (especialmente em maio e em novembro), você disporá deste clima favorável para manter sua distância, encarar alguns desafios e tomar decisões sensíveis (começo de março, final de setembro) sem correr o risco de acabar com suas preciosas reservas. Marte, no entanto, pode levá-lo a ultrapassar os limites entre os dias 7 e 21 de abril, por sua conta e risco. Prefira desacelerar um pouco a se expor a derrapagens incontroláveis e incidentes de percurso evitáveis caso você ignore sua imunidade atual para desafiar o destino.


Mês a mês

Janeiro
Você começa o ano bem decidido a satisfazer seus apetites e a fazer com que seus projetos sejam reconhecidos. É possível se você der forma a eles e se privilegiar o método mão de ferro em luvas de veludo ao invés de forças as coisas com quem não é seu adepto.
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
Até o dia 12, você se mobiliza para melhorar suas condições de vida e aquelas de seu entorno. Você tenta negociar seus interesses da melhor forma, especialmente nos dias 1º e 3, quando você poderá conseguir o que deseja. A partir do dia 19, você faz de tudo para passar suas mensagens com delicadeza e para cuidar de sua comunicação. A lua nova do dia 28 o convida, por um mês, a iniciar e a elevar os debates, a se fazer ser ouvido e compreendido com sucesso.
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Até o dia 10, você cuidará para defender seus interesses e não hesitará em valorizar seus potenciais para envolver aqueles que detêm o poder e os fundos para apoiá-lo. Você procurará desenvolver seus talentos e poderá contar com um Marte ofensivo (até o dia 28) para tirar o melhor de seus sucessos e para mudar as coisas em família (mudanças, trabalho, investimentos) ou para aproveitar sua eficiência para convencer as pessoas próximas de que você tem razão sobre tudo. Você conseguirá fazer isso no dia 11. No dia 12, a harmonia reinará em casa graças a você, assim como nos dias 20 e 23, quando seus argumentos serão acatados, sua boa vontade não será contrariada e sua autoridade será incontestável!
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
Até o dia 19, você se exalta para obter aquilo que lhe é devido. Aumento, promoção? No dia 10, você não temerá reivindicar, mas tome cuidado neste dia (e também no dia 12) para não tentar se destacar tanto. Senão? Você corre o risco de afastar as pessoas ao invés de conseguir apoio. Se você forçar demais as coisas e pressionar seu entorno (especialmente familiar), você pode cair em um beco sem saída nos dias 19 e 27, quando seus argumentos, suas inciativas e uma relativa intransigência não agradarão a todos em casa.

Fevereiro
Charme para vender e uma certa coragem? É hora de defender suas causas em todos os planos, mas não aproveite seus recursos evidentes para ignorar a opinião dos outros.
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
Até o dia 10, Marte impulsiona sua libido e aguça seus desejos até o dia 19, quando Vênus lhe dota de um charme de tirar o fôlego. Você aproveitará este poder de sedução para reacender a chama, fazer conquistas ou atrair quem você quiser, especialmente por volta do dia 10, quando você estará irresistível. As coisas vão bem entre você e o outro e você desejará fortalecer os laços com seus filhos, se você tiver algum. A partir do dia 18, você se mobiliza para administrar as situações e cuidar do conforto de sua família e das pessoas próximas, fazendo de tudo para apaziguar os eventuais conflitos. A lua nova do dia 26 acentua, por um mês, esta tendência e pede que você esteja disponível para escutar os outros.
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Entre os dias 10 e 24, Marte lhe dá a vontade de amar e ser amado, e, a partir do dia 19, Vênus confirma esta deliciosa tendência. Você terá a oportunidade de brilhar e de seduzir, mas também de convencer seu entorno social e privado da evidência de seus talentos e de suas capacidades por volta do dia 16, quando seus interlocutores podem se transformar em admiradores e solicitar seus serviços ou sua colaboração. No entanto, por volta do dia 22, tome o cuidado de frear um pouco seus apetites, que podem parecer excessivos aos olhos de alguns, principalmente daqueles que detêm os fundos que podem permitir que você aja e expresse seus talentos. Se você tentar forçar as coisas e impor sua visão de mundo, não é certo que as pessoas terão vontade de segui-lo e de lhe dar aquilo que você pede.
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
Você tem grandes projetos em mente, mas pode ter dificuldade, no começo do mês, para negociar os recursos que podem ajudá-lo a concretizar suas ambições, especialmente nos dias 1º e 2, quando haverá interferência na comunicação. Aposte nos dias 9, 11 e 14, quando você estará mais inspirado e capaz de passar suas mensagens de forma que elas sejam ouvidas. Idem nos dias 21 e 23, quando sua imaginação prolífica e sua ousadia entrarão em acordo com sua razão e lhe renderão apreciações: você verá seus planos serem validados e apoiados financeiramente. No final do mês, tome cuidado para não abusar de sua originalidade e, muito menos, de sua autoridade para impor seus pontos de vista. Você correria o risco de ofender algumas sensibilidades e de afastar as pessoas!

Março
Neste mês, reflita antes de falar ou de agir para elevar os debates ao invés de andar em círculos ou pior.
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
A partir do dia 16, Vênus o convida a meditar sobre sua vida afetiva e a refletir sobre a melhor maneira de expressar seus sentimentos (dias 18 e 25). Você se questionará sobre sua abordagem do amor para tentar melhorar suas interações e, a partir do final de abril, você tomará decisões construtivas em relação a seus filhos, a seu parceiro ou a uma pessoa que o inspira e com quem você deseja se comprometer. Solteiro, é hora de sondar seu coração para tirar dele tudo aquilo que o impede de se lançar na aventura. A lua nova do dia 28 coloca sua vida amorosa em destaque por um mês e lhe dota de um magnetismo envolvente, que deve ser utilizado com a pessoa que lhe agrada.
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Você aspira a viver em paz em casa e a dissipar os eventuais mal-entendidos que o impede de alcançar seu ideal nos dias 2, 4 e 7. Você fará de tudo para administrar melhor as situações e as interações em família. Aproveite as ondas positivas dos dias 8 e 9 para melhorar suas condições de vida e aquelas das pessoas próximas. No final do mês (dia 24), tome cuidado para não exigir demais, correndo o risco de exasperar alguns, que podem tentar barrar seu caminho. Não tenha medo de arregaçar as mangas para provar sua boa vontade no dia 27 se não quiser ser repreendido no dia 30, quando você não estará protegido contra lutas de poder que podem atrasar seus projetos ou decisões que podem frustrar suas ambições.
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
Você hesita, mas terá que tomar decisões e abordar um assunto sensível (sentimental ou ligado a projetos de futuro) no dia 3! Não lhe faltarão dinamismo e convicção para valorizar seus talentos, e sua combatividade pode ser recompensada no dia 5. Prudência em família por volta dos dias 12 e 17, quando as interações podem ser tensas e quando você terá todo interesse em não se mostrar rígido demais se quiser apaziguar os debates ao invés de jogar lenha na fogueira. Você não está imune de uma paixão, de uma surpresa ou até de uma pequena crise no plano sentimental no dia 26. Você deve terminar o mês reconciliado com as pessoas que ama no dia 29, quando você terá mais vontade de interagir do que de polemizar.

Abril
Alguns obstáculos e/ou contrariedades previstas em família e um cotidiano exigente demais? É hora de se mobilizar para fazer o que precisa ser feito e desarmar os conflitos.
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
Você dobra seu cuidado no começo do mês para administrar melhor seu cotidiano, seja no trabalho ou em casa, mas você pode encontrar problemas a partir do dia 9, quando nada acontece como o previsto e quando os atrasos e as chateações se acumulam. Tenha paciência, pois você só vera a saída a partir da metade de maio. A partir do dia 19 de abril, o Sol o convida a cumprir suas tarefas, a assumir suas responsabilidades, e a lua nova do dia 26 confirma este clima de relativa submissão, que você não apreciará nem um pouco. Felizmente, no final do mês (a partir do dia 28), sua vida amorosa retoma seu curso e você retoma o controle.
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Que ímpeto! No começo do mês, você não terá medo de colocar a mão na massa para desenvolver seus negócios (dia 6), mas deve tomar cuidado para não forçar as coisas (dia 7) se não quiser que seu caminho seja bloqueado (especialmente no que concerne a arrecadação de fundos) no dia 9. Aproveite seu carisma evidente para seduzir, encantar e conseguir apoio na família e nos negócios. Não imponha sua autoridade e suas ideias. Caso contrário, é por sua conta e risco.
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
Conflitos dividem a família e o pressionam no dia 8, quando as coisas não irão bem entre você e alguns membros de seu entorno. Felizmente, a partir do dia 9, o Sol impulsiona seu poder de sedução e lhe dá as rédeas de sua vida amorosa. Espere ser surpreendido ou surpreender no dia 14, quando você não estará imune a uma paixão. No dia 17, você demonstra uma boa vontade evidente, que deve convencer as pessoas próximas a confiar em você. No entanto, você se encontrará novamente em um impasse no dia 21, quando as interações derrapam e seus esforços não chegam a lugar nenhum. Você conseguirá passar suas mensagens de maneira melhor no dia 24, quando você controlará suas emoções.

Maio
O amor está no ar e a oportunidade de viver momentos fortes em excelente companhia também. Enquanto você surfa nesta tendência, cuide de seu relacionamento e evite provocar o outro para testar sua resistência, sua indulgência, sua paciência.
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
Até a metade de maio, Vênus é aliado de sua vida amorosa. Conte com o planeta para impulsionar seu poder de sedução e sua libido e para permitir que você reacenda a chama ou faça encontros exaltantes. Em maio, parece que nada o impedirá de fazer aquilo que lhe agrada e de desfrutar plenamente do momento presente. A partir do dia 20, o Sol o convida a dar um passo na direção do outro e a se comprometer mais no relacionamento. A lua nova do dia 25 confirma esta tendência, iluminando suas interações e impulsionando seu universo relacional por um mês!
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Você trabalhará com amor para harmonizar seus laços com as pessoas próximas, melhorar suas condições de vida e aquelas de seu entorno. No dia 4, você estará inspirado e poderá se beneficiar de apoios financeiros bem vindos, assim como no dia 12, quando seu parceiro (social ou privado) pressionará as alavancas que podem aumentar sua renda, garantir sua segurança e facilitar a realização de seus projetos. No dia 11, tente diferenciar sua vida em família e seu relacionamento amoroso, pois, se você se mobilizar essencialmente para administrar as situações ou cuidar de seus pais e de seus filhos, seu parceiro pode repreendê-lo. Prudência também por volta do dia 25, quando os ciúmes, as relações de poder ou problemas financeiros podem interferir na comunicação entre você e o outro. Use seu senso de negociação para acalmar o jogo e, no final, conseguir aquilo que quer sem desencadear um conflito inútil e evitável.
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
A partir do dia 3 (e até o dia 16), as coisas vão bem entre você e o parceiro (mas também com seus filhos). Você poderá ser surpreendido por volta do dia 10, quando Mercúrio impulsiona sua imaginação e sua vontade de aproveitar a vida. A lua cheia confirma esta energia dinâmica e favorece sua criatividade, que pode lhe render muitos frutos. Ao longo de todo o mês, você se beneficia de um clima favorável a sua evolução em todos os planos (afetivo, financeiro), o que facilitará sua vida ao lhe dar a possibilidade de seguir em frente sem abrir mão de garantir sua segurança e ao lhe ajudar a construir o futuro tirando lições do passado. No final do mês, tome cuidado para não provocar demais o parceiro (seja ele social ou privado). Sua maturidade é impressionante, mas você não detém a verdade sobre tudo (dia 29). No dia 30, você se deixa levar pelo amor e pelo prazer, podendo viver momentos excitantes se você renunciar a colocar eletricidade no ar!

Junho
Um final de outono promissor e um começo de inverno agitado? Não hesite em superar seus limites, em ousar, em planejar o futuro... mas sem abusar de seus recursos ou de sua imaginação em ebulição.
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
Neste mês, você deve viver algumas emoções fortes, especialmente em sua vida amorosa, que não será morna. Seus ímpetos, especialmente por volta do dia 9, serão intensos e seu cotidiano não seguirá uma rotina! Até o dia 19, Marte agita sua libido, impulsiona seus apetites sensuais e exalta sua sede de romantismo. Você sentirá vontade de compartilhar uma intimidade apaixonada e terá muitas oportunidades, a partir do dia 21, de falar sobre esse assunto.
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Você faz projetos com o outro ou procura preparar um futuro promissor com seus associados nos dias 3 e 13, mas você deve lidar com uma situação familiar delicada que pode impedi-lo de se lançar de corpo e alma em seus projetos nos dias 4 e 14. Conte com sua boa vontade (especialmente, aquela de suavizar os ângulos em família) para encontrar soluções que permitirão que você avance no cotidiano e que melhorem suas condições de vida (compras imobiliárias, mudança). No entanto, tome cuidado para não ultrapassar suas possibilidades financeiras e para não sonhar alto demais, correndo o risco de desagradar as pessoas próximas ou de esgotar seus recursos.
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
Você consolida suas bases afetivas no começo do mês e, a partir do dia 3, poderá sair de sua zona de conforto para impulsionar suas histórias, correr riscos calculados e agitar seu entorno. Tome o cuidado de permanecer à escuta do outro e de suas necessidades, pois é sua vez de dar um passo na direção dele (dia 15). As coisas vão bem entre você e o parceiro (seja ele social ou privado), pois sua originalidade e sua imaginação o seduzem e permitem que você consiga apoios nos dias 18 e 20. Aproveite essas ondas positivas para passar do outono para o inverno em grande estilo!

Julho
Charme e a vontade de concretizar os desejos que o assombram? É possível se você der forma a seus projetos e aceitar chegar a um consenso com o outro em vez de impor suas vontades a quem quer que seja.
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
Vênus o leva a se conectar aos outros e faz com que você fique disposto a escutá-los. Não é hora de se isolar e, se você ainda estiver em busca da pessoa certa, você pode encontrá-la neste mês, especialmente por volta do dia 7, quando você saberá perfeitamente como valorizar seus talentos e suas qualidades. Você terá charme e será capaz de chamar a atenção de quem quiser. A partir do dia 22, o Sol o convida a viajar com o parceiro e a fazer de tudo para que seu relacionamento evolua. Você aspira a expandir as fronteiras do possível e a encontrar (ou manter) a pessoa certa, e não lhe faltarão argumento e determinação para conseguir fazer isso (dia 27).
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Cuidado para não se mostrar ávido demais no começo do mês (dia 2) se não quiser se expor a algumas recusas. Você queima de vontade de melhorar suas condições de vida e aquelas de seu entorno, mas cuidado para não fazer projetos irrealistas demais, que podem repelir algumas pessoas no dia 10 (principalmente, seu gerente e seus patrocinadores, mas também as pessoas próximas). O amor lhe dá asas e o incita a ver a vida de forma positiva (dias 14 e 18). Isso não é motivo para ignorar a realidade. No entanto, você deve se beneficiar do apoio de seu parceiro ou de seus associados e, assim, conseguir chegar perto de um sonho (desde que você mantenha os pés no chão).
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
Você quer muito, tudo, demais? Cuidado para não passar dos limites nos dias 5 e 18, quando, se você forçar as coisas para conseguir aquilo que deseja, você corre o risco de desencadear conflitos que agiriam contra seus interesses. Não provoque nenhuma batalha da qual você não conseguiria sair vencedor (seja no amor ou no plano social e financeiro) e prefira usar seu poder de sedução e seus talentos para conseguir apoio e, quem sabe, os fundos, os recursos e a margem de manobra dos quais você precisa para seguir em frente!

Agosto
Projetos no forno e a possibilidade de realizar alguns deles se você jogar bem, mas sem abusar de sua autoridade. Você dispõe de bons argumentos e de uma bela determinação para superar os desafios da vida, mas não está protegido contra excessos que não serviriam a sua causa. Então, em vez de ficar nervoso, tente agir conscientemente!
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
Um começo de mês quente? Até o dia 5, Marte lhe dá a vontade de se superar, de decolar, e aumenta suas ambições, sejam elas amorosas ou sociais, enquanto um Vênus tórrido provoca seus sentidos até o dia 9. Você não hesitará em usar e abusar desses benefícios para fazer com que a temperatura suba. Aproveite plenamente estas vibrações estivais para se divertir, pois, a partir do dia 22, o Sol faz com que você privilegie a razão ou, pelo menos, o trabalho! Novamente, você será mobilizado por seu plano de carreira e seus negócios, que você deve orientar com muito talento e senso de diplomacia por volta do dia 26.
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Seus projetos encontram freios financeiros e uma falta de recursos que o deixam um pouco deprimido no começo do mês (dia 4). A lua cheia do dia 7 o encoraja a conversar sobre assuntos sensíveis e, nos dias 10 e 12, você poderá encontrar soluções que lhe darão esperança novamente. Por volta dos dias 15 e 17, você confrontará novamente limites e bloqueios que o irritarão e o frustrarão. Felizmente, no dia 20, você pode contar com sua bela determinação, sua ousadia e sua coragem para se superar e começar a alcançar seu objetivo, abrindo o futuro de acordo com seu ideal!
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
Neste mês, você não temerá afirmar suas ambições em todos os planos. Seus apetites são enormes e você tem sede de sensações fortes. No entanto, você não abrirá mão de garantir sua segurança, de refletir e de pesar os prós e os contras (dia 13) antes de se lançar na aventura. Você poderá fazer conquistas no dia 21, quando você se beneficiará de uma conjuntura favorável às realizações, mas também à paixão e ao acaso. Espere ser surpreendido, mas não abuse das benevolências do céu e não se mostre ávido demais, pois você pode ter que pagar o preço por isso. O final do mês confirma a possibilidade de concretizar um projeto importante ou, por que não, um sonho (que seja bem ancorado na realidade)!

Setembro
Um mês dedicado à concretização de suas ambições, mas no qual você não deve negligenciar sua vida familiar e privada, que poderia causar um problema ou exigir que você faça algumas escolhas!
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
Entre os dias 5 e 21, sua ascensão social o mobilizará. Você se mostrará particularmente ofensivo e bem determinado a solidificar seu lugar ao Sol. Se as negociações e os pedidos de promoção ou de aumento parecerem estar mortos, eles serão retomados a partir do começo de setembro e devem se concluir antes do dia 18. No dia 16, dotado de um poder de convicção inabalável, você deve conseguir convencer a todos. A partir do dia 22, o destaque é para os projetos e para a imaginação, o que deverá levá-lo longe mesmo que, a partir do mês que vem, você seja convidado mais a meditar do que a se lançar! Conselho que deve ser seguido...
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Você está sobrecarregado de trabalho e as pessoas próximas não apreciam que você as deixe de lado (dia 5)? A lua cheia do dia 6 recomenda que você as leve em conta e que reserve parte de seu precioso tempo para elas! Você tem muito trabalho a fazer e a firme determinação de melhorar seu status e sua renda. Você pode ter sucesso nos dias 9 ou 22, quando seu senso de comunicação pode fazer maravilhas. No entanto, haverá um preço a pagar em casa, pois, quaisquer que sejam seus esforços para cuidar e se mostrar à altura de seu entorno, as pessoas próxima sentirão sua ausência e farão com que você saiba disso (talvez com chantagens sentimentais). A menos que você mesmo se sinta dividido entre a necessidade de se conectar a sua família e a dificuldade de satisfazer esse desejo por conta de uma atividade que o consome.
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
Uma bela ambição e uma determinação sem igual para expressar seus talentos e se destacar. Você conseguirá fazer isso no começo do mês, quando você funcionará tão bem quanto um relógio. Você disporá não apenas de uma ousadia recompensadora, mas também de uma boa vontade que incitará sua hierarquia a confiar em você (dias 13 e 15). No entanto, não tente impor demais sua autoridade no dia 14, quando você poderá duvidar de si mesmo e tentar se confortar forçando as coisas. Amores promissores e uma criatividade exaltada no dia 18? Uma lua nova (dia 20) que o convida a se superar no trabalho? Se você tiver uma decisão importante (e também sensível, difícil) a tomar no final do mês (por volta do dia 28), pese os prós e os contras. Será questão de preparar um futuro inspirador, mas que deverá ser avaliado e abordado com o máximo de consciência possível!

Outubro
Você tem vontade de expandir as fronteiras do possível e de concretizar suas ambições. Talvez nem todos entendam dessa forma. Então, para chegar a seus fins, aposte em sua capacidade de dialogar e no tempo, e não faça pressão, pois isso pode irritar algumas pessoas!
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
A partir do dia 10 de outubro, Júpiter se posiciona em seu signo e o convida a desenvolver seus potenciais ainda não explorados, a fazer um balanço e aperfeiçoar estratégias que podem ajudá-lo a iniciar um novo ciclo de expansão pessoa em 2018 (a partir de novembro). Aproveite de um período de descanso relativo para estudar de perto aquilo que conta para você e aquilo que você realmente deseja para sua vida. Entre 10 de outubro e 25 de novembro de 2017, pode ser que você identifique aquilo que falta para que você tenha o sentimento de realização e para que você cumpra sua missão de vida. Espere receber ajudas (internas ou externas) por volta dos dias 18 e 26, quando seus anjos da guarda não estarão longe.
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Você defende suas causas com uma bela obstinação e com sucesso nos dias 1º e 3, quando suas exigências podem ser aceitas e seus desejos podem se tornar realidade. Seus projetos o mobilizarão e seus argumentos devem permitir que você convença aqueles que o escutam a acreditar em você e a segui-lo, mas, por volta do dia 10, tome cuidado para não exigir demais, correndo o risco de assustar aqueles que detêm os recursos e que não estão prontos a ceder a todos os seus caprichos. Aposte em sua intuição e em sua capacidade de captar as emoções do entorno para passar suas mensagens (dia 24) e renuncie a pressionar quem quer que seja se quiser resolver os problemas e seguir em frente ao invés de ser repreendido por conta de pedidos exigentes demais ou irrealistas.
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
Suas tentativas de sedução podem não funcionar em sociedade por volta do dia 8, quando você não agradará a todos. Não tente forçar as coisas (dia 11) se não quiser desencadear conflitos que agiriam contra seus interesses. Tenha paciência para explicar seus projetos e aposte na razão (e não na paixão) para convencer aqueles que podem ajudá-lo... a ajudá-lo. Suas ideias e seus planos são ousados... Talvez até demais? Não perturbe muito as regras e as pessoas no dia 19 se quiser marcar pontos ao invés de se isolar ao tentar impor sua visão de mundo aos outros.

Novembro
Seja qual for sua situação e sua vontade de seguir em frente, pense em fazer uma pausa em novembro. É hora de respirar para, depois, retomar seu ímpeto em plena consciência de seus recursos.
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
Até o dia 25, Júpiter o guia e orienta seu destino e suas ações na direção certa. Conte com a influência deste planeta benevolente e com seu encontro com Vênus no dia 13 para provocar acontecimentos ou intuições que o inspirarão em sua busca por pessoas que podem apoiá-lo e defender seus interesses. Conte também com um amor nascente ou com uma história que, secretamente, o impulsiona e o inspira. A partir do dia 22 e depois de um período de reflexão indispensável, o Sol permite que você inicie um novo ciclo de evolução e o convida a expressar abertamente todas as suas expectativas, mas também seus potenciais.
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Você age discretamente para orientar sua vida e, particularmente, sua vida familiar na direção certa, aquela que é atraente para você, no dia 9. Tente se comunicar mais claramente com as pessoas próximas no dia 13 se quiser que eles compreendam suas intenções ao invés de criar um mal-entendido lamentável. Entre os dias 15 e 23, Vênus o convida a refletir sobre o ano que passou e sobre sua vida amorosa para separar o essencial do supérfluo, harmonizar seus laços em casa (dia 16) e evitar usar a força para passar suas ideias e seus projetos (caso contrário, é por sua conta e risco). É privilegiando a intuição e se conectando ao coração de seu entorno que você conseguirá passar suas mensagens com tranquilidade! A partir do dia 25, Júpiter o convida a se distanciar do cotidiano para sondar seu coração, identificar aquilo que lhe convém em todos os planos e se preparar para fazer com que isso se concretize.
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
Em novembro, você evolui sob a proteção de um arco celeste harmonioso que, desde dezembro de 2016, permite que você se inove sem abrir mão de garantir sua segurança. Você vai aproveitar este mês para correr riscos calculados e fazer muitos planos, principalmente no plano afetivo, domínio no qual você terá decisões a tomar por volta do dia 4. A lua nova do dia 18 o convida a refletir e a tirar um tempo para se recarregar. A partir do dia 20, são iniciadas discussões importantes sobre a orientação que você deseja dar a sua vida. A resposta virá no começo do próximo ano. Enquanto espera, consulte seu parceiro (e seus filhos, se você tiver) para tomar decisões que contemplem a todos!

Dezembro
Um final de ano protegido, a saborear com deleite e a compartilha sem reservas com as pessoas que você ama e que também o amam.
Primeiro decanato (23 de novembro - 2 de dezembro):
Desde dezembro de 2014, Saturno ocupa seu signo e o convida a desenvolver uma nova maturidade, conquistada ao longo do tempo e dos acontecimentos, e a aprofundar sua personalidade em função das lições compreendidas e integradas. A partir do dia 20, o grande mestre do zodíaco o convidará a aprofundar seus potenciais, a estruturar (reestruturar) suas finanças. Alguns poderão se sentir inseguros (mesmo se não faltar dinheiro), pois terão a impressão de que o controle de seus recursos está lhes escapando. Outros deverão, de fato, se ligar a uma realidade que os obrigará a fechar um pouco a carteira, mas todos deve aproveitar este período de possível restrição para solidificar suas bases e usar seu dinheiro com consciência. É hora de tomar medidas para sair mais forte dessa passagem um pouco difícil e surfar nesta tendência um pouco restritiva para construir as fundações de uma empresa ou iniciar uma atividade que garantirá uma expansão duradoura.
Segundo decanato (3 de dezembro - 12 de dezembro):
Você se beneficia das graças do céu, que, neste final de ano, lhe oferece a possibilidade de fortalecer seus laços em família ou de melhorar suas condições de vida graças a circunstâncias positivas e, para alguns, miraculosas (mesmo que os milagres não aconteçam totalmente por acaso). Aproveite essas correntes benevolentes para fechar o ano em grande estilo, para avançar discretamente seus peões, para marcar pontos e corações e para se preparar para o futuro com tranquilidade e suavidade. Feliz ano novo!
Terceiro decanato (13 de dezembro - 21 de dezembro):
Não imponha nada a ninguém no começo do ano, quando seus desejos não serão ordens (dia 1º) e aposte em sua maturidade e em sua abordagem controlada das situações para conseguir apoio e marcar pontos (dia 6). Seus argumentos convincentes o ajudarão a mudar as coisas e a impulsionar sua vida amorosa e sua criatividade (dia 10), mesmo que as interações iniciadas em dezembro se arrastem um pouco até o dia 23. Aposte no dia 16 para inovar e se lançar na aventura, pois você ainda está sendo protegido por um clima que permite que você progrida sem correr muitos riscos. Por volta do dia 20, o amor o deixa mais leve e lhe dá ideias (mas só ideias). Uma paixão nova, um parceiro que o surpreende ou um encontro que o emociona? Seja como for, você vai fechar o ano em grande estilo e em excelente companhia!






123 Tarot: Sua tiragem de tarô gratuita Dados do destino: Descubra seu destino Tiragem de Runas Gratuita online


iPhone / iPad Android

- Sua tiragem de tarô gratuita
- Tiragem de Runas Gratuita online
- Dados do destino